Por pbagora.com.br
 
 

Há cerca de um ano o Brasil enfrenta as consequências da pandemia da covid-19 e a doença que é dura de ser enfrentada pela população em geral, mas acima de tudo por profissionais da saúde e gestores públicos já fez com que muitos desistissem inclusive dos cargos que ocupam.

A nível federal desde o início da pandemia o Brasil sofreu com a troca de ministros da Saúde que causou grande instabilidade na área e afetou diretamente o combate à doença.

Nos estados e municípios a corrida contra o inimigo invisível chamado covid-19 também é intensa e principalmente em cidades de grande porte e que possuem região metropolitana como João Pessoa, a pressão fica ainda maior.

Desde o mês de janeiro no cargo de secretário de Saúde de João Pessoa, o médico Fábio Rocha vem passando por essa avalanche de demandas e durante entrevista à rádio Correio nesta quinta-feira (18) deu a entender que pode inclusive deixar o cargo que ocupa.

“São circunstâncias que surgem que de repente a pressão psicológica, a pressão física o dano material que você tá passando, é melhor que outro venha pro lugar” disse.

PB Agora

 
 
Notícias relacionadas

Brasil chega a 250 mil mortos com ritmo acelerado de óbitos por Covid-19

Prestes a completar um ano de pandemia, o Brasil ultrapassou a marca de 250 mil mortes devido à Covid-19, segundo boletim extra do consórcio de veículos de imprensa divulgado nesta…

João Pessoa recebe 70 novos respiradores para hospitais e UPAs

Com os números de internações de pacientes vítimas da Covid-19, crescendo, cidade de João Pessoa recebeu na noite desta quarta-feira (24, 70 novos respiradores que serão instalados em hospitais e…