Por pbagora.com.br

Na última sexta-feira (12), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu o registro definitivo da vacina Covid-19 Fiocruz.

Com isso, a Fiocruz passa a ser a detentora do primeiro registro de uma vacina covid-19 produzida no país e incorpora ao seu portfolio de produção a décima primeira vacina a ser fornecida para o Programa Nacional de Imunizações (PNI).

A expectativa agora é de que a Anvisa autorize a liberação dos primeiros lotes para que, nesta semana, a Fiocruz já possa entregar ao PNI o primeiro milhão de vacinas Covid-19 produzidas pela instituição.

Uma das vantagens de um registro definitivo para a vacina é a possibilidade de uma imunização em massa no país, ampliando o público que passa a poder tomar a vacina para adultos maiores de 18 anos, conforme indicado na bula.

Apenas com a autorização para uso emergencial, a vacina ficava restrita a públicos pré-determinados.

PB Agora

Notícias relacionadas

Governo do Estado já testou 20% da população do estado para a Covid-19

A testagem populacional é uma importante ferramenta para estudar o comportamento do novo coronavírus e delinear estratégias para o enfrentamento da pandemia. Nessa terça-feira (20), a Paraíba alcançou a marca…

Cronograma de vacinação contra Covid-19 é alterado nesta quarta-feira, em CG

Mesmo o feriado do Dia de Tiradentes tendo sido antecipado por decreto estadual, nesta quarta-feira (21) as Unidades Básicas de Saúde (UBS) não funcionam em Campina Grande e por isso…