Por pbagora.com.br

O prefeito Cícero Lucena esteve reunido nesta quinta-feira (18) com representantes de igrejas católicas e evangélicas a fim de debater os cuidados necessários que as referidas igrejas precisam ter para combater a proliferação da covid-19. Os líderes religiosos foram levados para o gabinete do prefeito pelo vereador Durval Ferreira.

Cícero destacou o teor harmonioso da conversa que também contou com a participação do secretário de Saúde Fábio Rocha e declarou que outras reuniões com representantes de outros setores deverão ser realizadas daqui por diante.

“Ao lado do secretário de Saúde, Fábio Rocha, conversei com representantes de igrejas católicas e evangélicas nesta manhã, em um encontro bastante cordial e importante. Falamos sobre a necessidade de aumentarmos os cuidados com este novo crescimento dos casos de COVID-19 na nossa cidade e em todo o país. Nos reuniremos com outros setores da sociedade, sempre priorizando o diálogo, para chegarmos a uma forma segura de convivermos com esta atual situação, tomando como base a ciência” disse.

O gestor ainda disse que todo o cuidado é pouco na luta contra a covid-19 e que a intenção da sua gestão é fazer com que nenhuma vida se perca.

“Enquanto a vacina não chega para toda a população, todo cuidado é pouco, respeitando as orientações quanto ao distanciamento, uso de máscara, higienização, e buscando as melhores alternativas para seguirmos seguros. Queremos cuidar, garantir a segurança da nossa população, em todas as suas esferas” concluiu.

PB Agora

Notícias relacionadas

Hospital das Clínicas ganha 20 novos leitos de UTI, em Campina Grande

Após atingir a capacidade máxima, o Hospital das Clínicas ganha 20 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva ( UTI), em Campina Grande, para tratamento de pacientes com a Covid-19.…

Coronavírus é ‘particularmente atraído’ por tipo sanguíneo A, aponta estudo

O coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a covid-19, se sente “particularmente atraído” pelo antígeno do tipo sanguíneo A que se encontra nas células respiratórias, conforme indica estudo publicado nesta quinta-feira (4)…