A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Central de Transplantes da Paraíba registra duas doações de múltiplos órgãos em menos de 12 horas

A Central Estadual de Transplantes, unidade do Governo da Paraíba, registrou, nesse domingo (16), duas doações de múltiplos órgãos. A primeira foi realizada, durante a madrugada, no Hospital de Trauma de Campina Grande. O doador foi um homem de 49 anos, que morreu vítima de um Trauma Crânio Encefálico (TCE) grave.

A ação vai transformar a vida de 10 pacientes com o transplante de dois fígados, quatro rins e quatro córneas. A cirurgia de captação iniciou por volta das 3h30 sob o comando de uma equipe médica de São Paulo, para onde foi destinado o fígado. O receptor foi um homem de 57 anos, que já apresentava a falência do órgão.

Os rins foram encaminhados para o estado de Pernambuco, beneficiando um homem de 51 anos e uma mulher de 26 anos, respectivamente. As córneas também foram doadas e são, primeiro, levadas para o Banco de Olhos da Paraíba, e posteriormente transplantadas.

Já a segunda doação ocorreu, no início da tarde, no Hospital Metropolitano de Sana Rita, gerenciado pela Fundação Paraibana de Gestão em Saúde (PB Saúde). A paciente doadora foi uma mulher de 50 anos, que teve a morte cerebral confirmada em virtude de uma hemorragia cerebral associada a um edema.

Com a autorização da família, foram doados o fígado, os rins e as córneas. O fígado foi doado para um paciente pernambucano de 74 anos, o rim direito foi para outro senhor pernambucano de 70 anos, e o rim esquerdo para uma mulher, de 48 anos, também de Pernambuco. As córneas foram enviadas para o Banco de Olhos do estado, onde passam inicialmente por uma avaliação.

A diretora da Central de Transplantes, Rafaela Dias, reforça a importância da doação. “O gesto de doar nos lembra da capacidade de transformar vidas, mesmo em meio à adversidade, e da importância de considerar a doação de órgãos como um ato de amor e empatia que transcende fronteiras e diferenças”, destaca.

Em 2024, a Central de Transplantes da Paraíba já registrou 28 doações de múltiplos órgãos e realizou 160 cirurgias de transplante. Ainda aguardam na lista de espera 567 pacientes.

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe