A secretária de saúde do município, Luzia Pinto, afirmou em entrevista a 101FM de Campina Grande, ontem quarta-feira (06), que a maior parte das imagens da má estrutura do Instituto de Saúde e Maternidade Elpídio de Almeida ISEA exibidas no JPB da TVPB no dia anterior são do ano de 2013. “Elas não correspondem à realidade e a TV foi induzida ao erro por suas fontes” declarou a gestora.

  

Poucos minutos depois, a editoria da Rede Paraíba de comunicação entrou em contato com o programa para desmentir a secretária municipal. “As nossas fontes estão revoltadas com isso. A afiliada Globo sempre checa a autenticidade de todas as imagens e os médicos que fotografaram o ISEA já disponibilizaram seus celulares para pericia do Ministério Público”, disse Carlinhos Siqueira editor da TV Paraíba.

 

A Câmara Municipal de Campina Grande junto a Comissão de Saúde da Casa também discutiu os problemas que o Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (ISEA), vem enfrentando. O vereador Olímpio Oliveira (PMDB) chamou a atenção da comissão, que é permanente, para tratar especificamente do assunto a fim de ela exerça as atribuições do poder legislativo e fiscalize a situação.

 

O vereador peemedebista comentou que a intenção não é super dimensionar a denúncia, mas sim investigar para que eventuais problemas sejam identificados e resolvidos para que os campinenses e todos que procuram a unidade possam ser atendidos com qualidade. Inclusive, falou da saúde de atenção básica alegando passar por uma fase sofrível. “Quando o médico passa prescrição de exame, as pessoas sofrem para marcá-lo, para retornar ao médico é uma verdadeira penitência, então o município está devendo”, destacou o vereador.

 

Durante entrevista concedida a imprensa campinense, o vereador considerou que as respostas para os casos do ISEA são velhas e que o município deve um posicionamento novo diante dos problemas antigos. “Durante a campanha se tinha solução pra tudo e se utilizava como argumento essas fragilidades do governo passado, apresentando ser problema de gestão. Pois bem, nós estamos esperando há 5 anos e isso não acontece”, declarou o vereador.

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Risco de surto no país faz Paraíba emitir alerta contra sarampo

A Secretaria de Estado da Saúde emitiu um alerta aos serviços de saúde para casos suspeitos de sarampo, embora a Paraíba apresente somente um caso em investigação. O cuidado se…