A Paraíba o tempo todo  |

Carnaval chegando: Saúde de JP alerta para a importância do uso de preservativos para prevenir ISTs

????????????????????????????????????

Quando se trata de saúde pública, o preservativo é o meio de prevenção mais eficaz no controle de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), além de evitar uma gravidez não planejada. Durante o período de carnaval, mesmo sem as tradicionais festividades, é comum que as pessoas acabem se expondo a relações sexuais desprotegidas, por isso, a Secretaria de Saúde de João Pessoa alerta para a importância do uso de preservativos. Para promover a prevenção, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da seção de IST, AIDS e Hepatites Virais, realiza de forma contínua, a distribuição de preservativos em todos os serviços da rede municipal de saúde.

As infecções transmitidas por relação sexual são causadas por mais de 30 vírus e bactérias através do contato, sem o uso de camisinha, com uma pessoa que esteja infectada. Desta forma, abrir mão do uso do preservativo nas relações expõe a pessoa e os parceiros com as quais ela se relaciona. Dados da Vigilância Epidemiológica da Capital mostram que em 2021 foram notificados 2008 novos casos de Infecções Sexualmente Transmissíveis, como HIV/AIDS, Sífilis e Hepatites. Já neste ano de 2022 já são 32 pessoas infectadas com alguma IST.

A SMS distribui preservativos em todos os serviços da rede municipal de saúde, como Unidades de Saúde, Policlínicas, Unidades de Pronto Atendimento e até em serviços administrativos, como na sede da SMS. Em média, são distribuídos 50 mil unidades por mês. O acesso é realizado de forma espontânea, ficando o item disponível na recepção dos serviços e podendo o usuário pegar à vontade. São ofertados além da camisinha masculina, o preservativo feminino e gel lubrificante.

“O abastecimento de preservativos masculinos e femininos na rede permite que toda a população tenha acesso fácil a um instrumento que é considerado o método mais eficiente de prevenção às infecções sexualmente transmissíveis, mas além da distribuição, precisamos da conscientização das pessoas para realmente usá-los nas relações”, comenta o chefe da seção de IST, AIDS e Hepatites Virais, Gustavo Lira.

Ações preventivas

Além da oferta dos preservativos, a SMS mantém as ações de conscientização junto à população nas Unidades de Saúde da Família (USF) com palestras e rodas de conversa durante a sala de espera, além de atividades dentro dos territórios das unidades como, por exemplo, nos terminais de integração e praças.

“Durante esse período carnavalesco reforçamos para a população a importância do cuidado com a aglomeração em festas para evitar a proliferação do novo coronavírus e suas cepas, mas também para o cuidado com as Infecções Sexualmente Transmissíveis. Por isso, pedimos que busquem sempre todas as formas de prevenção”, destaca Gustavo Lira.

Testes

Para quem desejar fazer os testes para diagnóstico da AIDS e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis, a SMS disponibiliza o serviço em todas as Unidades de Saúde da Família, Policlínicas Municipais, serviços de referências e nas maternidades da Capital. Para ter acesso, basta que o usuário vá até um dos locais e informe que gostaria de fazer o exame. O teste é realizado através da punção da polpa digital e o resultado sai em, aproximadamente, 20 minutos.

Um dos locais para realizar os testes rápidos é o Centro de Testagem e Aconselhamento (SAE/CTA). Caso o teste rápido dê positivo, o usuário recebe o tratamento no próprio SAE/CTA. Já as gestantes portadoras do HIV/Aids são acompanhadas no serviço de Assistência Especializada Familiar do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW).

Para ter acesso aos serviços do CTA, o usuário pode ser encaminhado pelas Unidades de Saúde da Família (USF) ou por demanda espontânea, indo diretamente ao local. O CTA funciona das 7h às 16h, de segunda à sexta-feira, no prédio da Policlínica Municipal de Jaguaribe, localizada na Rua Alberto de Brito, s/n°.

 

Da Redação com Assessoria

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe