A Paraíba o tempo todo  |

Campina Grande dispõe de 50 grupos de controle do tabagismo; confira

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O próximo domingo, 29 de agosto, marca o Dia Nacional de Combate ao Fumo. Em Campina Grande, o Programa de Controle do Tabagismo, da Secretaria Municipal de Saúde, oferece tratamento e acompanhamento multidisciplinar para auxiliar o fumante a largar o vício.

O trabalho é desenvolvido com grupos de fumantes e já está presente em 50 Unidades Básicas de Saúde. Os interessados em participar devem procurar um dos serviços. Os grupos são formados com 15 a 20 pessoas que se reúnem para receber orientações e acompanhamento de médicos, psicólogos e assistentes sociais para ajudar a deixar o cigarro. Eles também recebem medicação, a exemplo do adesivo utilizado para diminuir a vontade de fumar e antidepressivos. Em algumas unidades as reuniões acontecem no período da noite para propiciar que os trabalhadores não deixem de participar.

Em Campina Grande foi desenvolvida uma terapia que tem alcançado resultados ainda melhores. A terapia auricular, ou acupuntura auricular, é utilizada com alguns dos fumantes. O modelo já foi aplicado em mais de dez grupos em unidades da Bela Vista, Major Veneziano, Três Irmãs, Cruzeiro e Jardim Paulistano. O projeto foi premiado no 13º Congresso Brasileiro de Medicina de Família e Comunidade e foi apresentado no Congresso Internacional de Medicina da Família, o World Conference of Family Doctors (WONCA).

O programa é desenvolvido desde 2007 na cidade. Os dados mostram que 81% dos inscritos inicialmente em média conseguem parar de fumar. O Ministério da Saúde entende que pelo menos 30% precisam deixar o cigarro para que o projeto seja considerado eficiente na cidade. “Temos resultados excelentes e estamos expandindo cada vez mais o programa, que intitulamos de Campina Livre do Fumo”, disse a coordenadora Byanka Alves.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o cigarro é responsável por 90% dos casos de morte em pessoas com câncer de pulmão. Além do câncer de pulmão, fumar pode causar danos em outras partes do corpo e problemas cardiovasculares.

Relação de unidades do programa:

  • UBS Ana Amélia V. Cantalice – Três Irmãs
  • UBS Bairro das Cidades I
  • UBS Bairro das Cidades II
  • UBS Maria de Lourdes Leôncio – Liberdade
  • UBS Malvinas III
  • UBS Catolé de Zé Ferreira
  • UBS Antônio Mesquita de Almeida – Monte Castelo
  • UBS Campos Sales – José Pinheiro
  • UBS Horacina de Almeida – Monte Castelo
  • UBS Romualdo B. de Figueiredo – Acácio Figueiredo
  • UBS Tambor I
  • UBS Antônio V. Brasileiro – Complexo Aluízio Campos
  • UBS Crisóstomo Lucena – Complexo Aluízio Campos
  • UBS Bem-te-vi – São José da Mata
  • UBS Colibri – São José da Mata
  • UBS Severino de Souza Costa – Presidente Médici
  • UBS Nações
  • UBS Raiff Ramalho – Cruzeiro
  • UBS Ressurreição
  • UBS Serra da Borborema
  • UBS Adriana Bezerra – Santa Rosa
  • UBS Argemiro de Figueiredo – Liberdade
  • UBS Antônio Aurélio Ventura – Três Irmãs
  • UBS Estação Velha
  • UBS Nossa Sra. Aparecida – Catolé
  • UBS Djalma Barbosa – Catolé de Boa Vista
  • UBS Paus Brancos (Zona Rural)
  • UBS Umburanas – Malvinas
  • UBS Eduardo Ramos – Centenário
  • UBS Porteira de Pedra
  • UBS Rosa Mística
  • UBS Adalberto César – Pedregal
  • UBS Araxá
  • UBS Malvinas V
  • UBS Jardim Verdejante
  • UBS Bodocongó
  • UBS Jocel Fechine – Cuités
  • UBS Inácio Mayer – Jeremias

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe