Por pbagora.com.br
Moradores de Águas Claras enfrentam filas enormes para teste do Covid-19 no estacionamento do Centro Universitário Euroamericano (Unieuro). O ‘drive-thru’ é feito para testagem em massa do novo coronavírus e o atendimento realiza-se por ordem de chegada, dentro do veículo, sendo proibido sair do carro sem orientação da equipe de saúde. Também é recomendado o uso de máscaras faciais e que cada carro tenha, no máximo, quatro pessoas. Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

O Brasil tem 137.367 mortes por coronavírus confirmadas até as 8h desta terça-feira (22), segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Desde o balanço das 20h de segunda-feira (21), 2 estados atualizaram seus dados: CE a RR.

São 137.367 mortes confirmadas e 4.560.361 casos confirmados.
Na segunda-feira, às 20h, o balanço indicou: 137.350 mortes, 455 em 24 horas. Com isso, a média móvel de novas mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 748 óbitos, uma variação de 8% em relação aos dados registrados em 14 dias.

É a primeira vez que o país registra crescimento de mortes desde 10 de agosto. No entanto, ainda se considera que há estabilidade na confirmação diária de novos óbitos.

Em casos confirmados, na noite de segunda eram 4.560.083 brasileiros com o novo coronavírus desde o começo da pandemia, 15.821 desses confirmados no último dia. A média móvel de casos foi de 30.077 por dia, uma variação de -1% em relação aos casos registrados em 14 dias.

G1

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

UFPB coordenará pesquisa em domicílio para testagem de covid-19

O Observatório de Síndromes Respiratórias da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) coordenará pesquisa em domicílio para testagem de covid-19 em 9,6 mil paraibanos. O estudo por amostragem terá início em novembro e…

Anticorpos contra covid-19 duram pelo menos sete meses, aponta estudo

Uma das questões que mais tem suscitado interesse e investigação por parte da comunidade científica, desde o início da pandemia, é perceber se os organismos de doentes com covid-19 são…