Por pbagora.com.br

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h desta terça-feira (2).

O país registrou 1.240 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 226.383 óbitos desde o começo da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 1.066. Já são 13 dias com essa média acima da marca de 1 mil. A variação foi de +8% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de estabilidade nos óbitos pela doença.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 9.286.256 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 56.240 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 50.095 novos diagnósticos por dia. Isso representa uma variação de -8% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de estabilidade nos diagnósticos.

Dez estados e o Distrito Federal estão com alta nas mortes: PR, DF, GO, AC, AM, PA, RO, RR, BA, CE e MA.

Paraíba – A Paraíba tem 193.465 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgadas nesta terça-feira (2). O número de mortes confirmadas por Covid-19 subiu para 4.082 no estado desde o início da pandemia. São 867 novos casos e mais 14 mortes na última atualização. Todos os 223 municípios paraibanos registraram casos da doença e 201 cidades registraram óbitos.

Consórcio de Imprensa

Notícias relacionadas

Começa aplicação da 2ª dose da vacinação contra Covid-19 para os acamados em JP

Começa nesta quarta-feira (24), a aplicação da 2ª dose da vacinação contra Covid-19 para os acamados do Serviço de Atenção Domiciliar (SAD), em João Pessoa. Os técnicos envolvidos no processo…

Prefeito de Cabedelo propõe grande jejum na Paraíba contra Covid-19

Um grande jejum coletivo. Essa é a proposta feita pelo prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo, aos políticos e à população da Paraíba,  no dia 15 de março, “em prol da guerra…