Por pbagora.com.br

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h desta segunda-feira (21).

O país registrou 549 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 187.322 óbitos desde o começo da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 769 — valor que se iguala à média registrada em 18 de setembro. A variação foi de +25% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de alta nos óbitos pela doença.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 7.264.221 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 26.871 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 47.830 novos diagnósticos por dia. Isso representa uma variação de +17% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de alta nos diagnósticos.

14 apresentaram alta na média móvel de mortes: PR, ES, MG, RJ, MS, MT, AC, PA, RO, AL, CE, PB, RN e SE.

Paraíba – A Paraíba tem 159.639 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgadas nesta segunda-feira (21). O número de mortes confirmadas por Covid-19 subiu para 3.552 no estado desde o início da pandemia. São 203 novos casos e mais 13 mortes na última atualização. Todos os 223 municípios paraibanos registraram casos da doença e 188 cidades registraram óbitos.

Consórcio de Imprensa

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vacinação contra Covid-19 em Patos, PB, inclui imunização domiciliar para idosos

A vacinação contra Covid-19 em Patos, no Sertão da Paraíba, inclui imunização domiciliar para idosos. A estratégia domiciliar será realizada por cinco equipes volantes, que vão trabalhar em três turnos,…

PB recebe 92.960 doses da Coronavac enviadas pelo Ministério da Saúde

A notícia que todos os paraibanos esperavam na luta contra o novo coronavírus. Após pressão dos governadores e da imprensa, as primeiras doses da CoronaVac, vacina do Instituto Butantan feita…