A assessoria de imprensa do Hospital Sírio-Libanês, na região central de São Paulo, informou, por volta de 14h30 deste sábado (27), que terminou a cirurgia a que o vice-presidente da República, José Alencar, foi submetido. A nova operação começou às 8h20 deste sábado para desobstruir o intestino. Um boletim médico deverá ser divulgado em breve.

O vice-presidente está internado no hospital desde terça-feira (23). A cirurgia foi realizada pelos médicos Raul Cutait e Ademar Lopes.

Boletim médico divulgado na sexta-feira (26) informava que o quadro do vice-presidente permanecia estável e que o tumor vinha respondendo ao tratamento.

A obstrução intestinal já havia sido diagnosticada no final de outubro, quando ele foi internado. Alencar passou 24 dias no hospital e teve alta no último dia 18. Durante o período de internação, sofreu um infarto, mas um exame não apontou obstruções arteriais importantes. No dia seguinte à alta, o vice voltou ao hospital para uma transfusão de sangue.

Luta contra o câncer

O vice-presidente luta contra um câncer na região do abdome e já passou por mais de 15 cirurgias. Em julho de 2009, ele foi submetido a uma operação motivada por uma obstrução intestinal causada por tumores abdominais.

Em setembro, o vice-presidente foi internado no mesmo hospital em razão de um edema agudo de pulmão. Em julho, por causa de uma crise de hipertensão, ele ficou hospitalizado e passou por um cateterismo.

Veja abaixo a íntegra do boletim médico:

“BOLETIM MÉDICO
26/11/2010
17h45

O vice-presidente da República, José Alencar, segue internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Embora seu quadro clínico siga estável e o sarcoma venha respondendo ao tratamento, persiste o quadro de suboclusão intestinal, para o qual foi indicado o tratamento cirúrgico. A cirurgia está programada para amanhã (27/11).

As equipes médicas que o acompanham são coordenadas pelos Profs. Drs. Paulo Hoff, Raul Cutait, Roberto Kalil, Paulo Ayroza Galvão e Ademar Lopes.

Dr. Antonio Carlos Onofre de Lira, Diretor Técnico Hospitalar

Dr. Riad Younes, Diretor Clínico”

Do G1
 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

HULW investiga saúde mental de profissionais que atuam contra o coronavírus

Qual o impacto da pandemia de covid-19 na saúde mental dos profissionais de saúde? Essa pergunta é o que direciona uma pesquisa desenvolvida por especialistas do Hospital Universitário Lauro Wanderley…

10 verdades sobre a acne

A acne é uma doença não contagiosa que se manifesta através do surgimento de cravos e espinhas, geralmente no rosto. É o resultado de um processo inflamatório das glândulas sebáceas…