Na manhã desta quarta-feira, 22, durante reunião virtual entre os deputados estaduais da Paraíba, o secretário de Saúde Geraldo Medeiros e o secretário-executivo de Gestão da Rede de Unidades de Saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi, foi destacado pelos profissionais representantes da Saúde na Paraíba que o cenário da luta contra a covid-19 está difícil não só no estado, como em todas as unidades da federação, já que, de acordo com Beltrammi o governo federal não tem dado o suporte necessário.

Daniel destacou que a União tem o poder de compra infinitamente maior do que os estados e poderia estar dando um aporte maior sobretudo na questão da aquisição de respiradores.

“Nesse momento como foi visto na imprensa a União tem um poder de compra e de captura de tecnologias de suporte à vida infinitamente superior aos estados e o governador Paulo Câmara sentiu isso na pele tendo a sua compra capturada pela União muito recentemente. Nesse cenário nós temos convicção que esse reforço de 20 leitos em Patos de 14 em Cajazeiras nos dará tranquilidade para atravessar o período que virá que é o mês de maio. Nesse sentido é óbvio que a questão de concluir as compras dos ventiladores é absolutamente necessária para que a gente possa fazer o aporte dos leitos e é nossa tentativa diuturna através dos mais diferentes canais” pontuou.

Apesar de toda a logística realizada, Daniel disse que as possibilidades para que ocorra essa aquisição dos respiradores fica ainda mais dificultado pela ausência do apoio real do governo federal.

“O cenário é o mais difícil possível. A União não aponta com nenhuma, nenhuma, zero possibilidade de apoio real. Voltou a uma estaca negativa de avaliação da cena nessa altura do campeonato, então para os que não estão entendendo com muita clareza o estado da Paraíba, bem como as outras 26 unidades federadas estão por sua própria conta e sorte neste exato momento” sentenciou.

PB Agora

Deixe seu Comentário