A Paraíba registrou uma redução 49,7% dos casos notificados de dengue, zika e chikungunya em janeiro deste ano, de acordo com o segundo boletim epidemiológico das arboviroses, divulgado nesta segunda-feira (4), pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

 

No entanto, ainda conforme o órgão, no 1º Levantamento Rápido de Índice para Aedes (LIRAa/LIA), dos 223 municípios, 219 enviaram os resultados para a secretaria e, destes, 44 apresentaram situação de risco para surto; 126 estão em situação de alerta e 49 em situação satisfatória.

 

Levando em consideração os locais em situação de risco e de alerta, o cenário é preocupante para 170 municípios do estado, o equivalente a 73% das cidades.

Os dados de notificações correspondem a 3ª Semana Epidemiológica, referentes ao período de 30 de dezembro de 2018 a 19 de janeiro de 2019. Conforme esse último levantamento, foram registrados 90 casos suspeitos de dengue este ano no estado, contra 158 notificados no mesmo período do ano passado, o que representa uma redução de 43,04%.

 

Já com relação aos casos de chikungunya, foram registradas 14 notificações esse ano, o correspondente a uma redução de 68,89% em relação ao ano passado, quando foram notificados 45 casos.

Quanto à zika vírus, houve registro de apenas um caso esse ano, enquanto em igual período de 2018 foram seis notificações, o equivalente a uma queda de 82,33%.

 

Redação com assessoria


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Funcionando sem médicos, postos de saúde são interditados pelo CRM em JP

O Conselho Regional de Medicina (CRM-PB interditou eticamente dois postos de saúde do Bairro das Indústrias, em João Pessoa. A fiscalização foi realizada nesta quinta-feira (22) e, de acordo com…

Sarampo: SES orienta vacinar crianças de 6 a 11 meses com dose “zero”

Começa, nesta sexta-feira (23), a vacinação contra o Sarampo para crianças de 6 a 11 meses em toda a Paraíba. A Tríplice Viral faz parte do calendário permanente de vacinação,…