O CRM-PB interditou eticamente, na manhã desta segunda-feira (14), os médicos que atendem no Centro de Saúde de Mandacaru. A interdição foi motivada pela dificuldade de atendimento médico na unidade em virtude de uma reforma no prédio que teve início no dia 7 de janeiro e que tem previsão de conclusão em até 60 dias. 

De acordo com o diretor de Fiscalização do CRM-PB, João Alberto Pessoa, a reforma está comprometendo o atendimento e a saúde dos pacientes, em especial crianças e idosos com problemas respiratórios. “É preciso que a prefeitura amplie a equipe que está trabalhando na reforma para ela seja finalizada o mais rápido possível. Nesse período, os atendimentos devem ser direcionados para outro posto de saúde”, destacou o diretor.

PB Agora

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Funcionando sem médicos, postos de saúde são interditados pelo CRM em JP

O Conselho Regional de Medicina (CRM-PB interditou eticamente dois postos de saúde do Bairro das Indústrias, em João Pessoa. A fiscalização foi realizada nesta quinta-feira (22) e, de acordo com…

Sarampo: SES orienta vacinar crianças de 6 a 11 meses com dose “zero”

Começa, nesta sexta-feira (23), a vacinação contra o Sarampo para crianças de 6 a 11 meses em toda a Paraíba. A Tríplice Viral faz parte do calendário permanente de vacinação,…