A Paraíba o tempo todo  |

Zenóbio espera reação da sociedade civil contra posição de Maranhão em manter vivo o TCM na PB

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Assembléia Legislativa, deputado Zenóbio Toscano (PSDB) repudiou, na tarde desta segunda-feira (25), “a marcha ré” do governador José Maranhão e conclamou a sociedade civil para se manifestar contra a instalação do Tribunal de Contas dos Municípios na Paraíba.

De acordo com o parlamentar, na época da sugestão da instalação do órgão pelo governo Cássio, representantes da sociedade civil se organizaram em protestos, confeccionaram blusas e adesivos contra a instalação do novo tribunal, no entanto, até agora permanecem inertes desde a declaração do governador.

“É necessário que a sociedade civil organizada volte a se manifestar contra a instalação do TCM e contra a contradição do governador Maranhão para que não se fique implícito que a sociedade era contra a instalação apenas no governo Cássio”, disse.

Zenóbio lembra que os manifestantes foram bastante ativos no governo Cássio., “Esperamos agora que eles se posicionem”, defendeu.

Oposição e agora governo

Com o desenrolar do imbróglio, a bancada de Oposição, hoje com 20 deputados fica de mãos atadas e nada pode fazer contra a medida do governador. Segundo Zenóbio, para se extinguir totalmente a possível instalação do TCM, o projeto teria que receber 22 votos, o que representaria a maioria qualificada.

“No entanto os deputados do Governo retiraram suas assinaturas e nós nada podemos fazer, esperamos que a sociedade se posicione em relação a mudança de discurso”, ressaltou.

Para o deputado, existe uma intenção do governador Maranhão em instalar o Tribunal no Estado, em uma possível reeleição em 2010.

“Acredito que o governador pensa em se reeleger e instalar este Tribunal, esta é o único motivo que vislumbro para o peemedebista ter mudado drasticamente de discurso”, ressaltou.
 

 

 

 

Márcia Dias

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe