A Paraíba o tempo todo  |

Wilson Filho descarta tese de que se não for vice de João no lugar do PP, Republicanos rompe: “Não é uma lista de imposições”

Foto: Assessoria

O líder do governo na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Wilson Filho (Republicanos), que teve o seu nome indicado pelo seu partido para ser o vice-governador da chapa do governador João Azevêdo (PSB), negou que a indicação de seu nome e o de Raimundo Lira para o Senado tenha o caráter de imposição ou ultimato para, em caso de não aceitação, ocorra um rompimento.

“Essa lista que o Republicanos apresenta, não é uma lista impositiva, não é uma lista de imposições. ‘Ah, se não for o vice do Republicanos, está rompido.’ Não. O que é o Republicanos quer é exatamente fazer parte dessa construção de chapa”, destacou em entrevista à Rádio Arapuan FM.

Por enquanto, o nome mais provável para ser o vice-governador da chapa de João é o do vice-prefeito de Campina Grande, Lucas Ribeiro, do Progressistas – já que o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) e o próprio governador deram declarações de que o espaço de vice seria do Progressistas.

Adriano Galdino (Republicanos), presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), e um dos nomes mais cotados anteriormente para a vaga, disse que declinou de sua postulação para manter-se autônomo em apoiar o pré-candidato a senador Efraim Filho (União Brasil), da chapa do pré-candidato a governador Pedro Cunha Lima (PSDB).

 

PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe