Líder do chamado blocão na Assembleia Legislativa da Paraíba, o deputado estadual Wilson Filho (PTB), analisou a composição de vários blocos na Casa, bem como as adesões e abandonos dentro do bloco que integra a base aliada do governo na ALPB.

 

Sobre a retirada do PSD do seu bloco, Wilson Filho disse que respeita a decisão do deputado estadual e vice-presidente estadual do PSD Manoel Ludgério. “Essa semana ele entendeu que é melhor participar de um bloco independente, andar com suas próprias pernas. Ele está passando por um momento de reflexão e conversou comigo”, disse Wilson à imprensa.

 

Ao analisar a importância do seu bloco, Wilson disse que a sua experiência na Câmara Federal o faz crer que a criação do bloco é fundamental: "Lá em Brasília, Casa de onde eu vim cada partido tem a sua liderança e sua posição, ou seja, uma base fica dividida em dez, doze partidos, aqui existe a ideia de se formar blocos maiores, até pelo regimento que diz que partidos com menos de três representantes não podem ter liderança, então por necessidade a figura do blocão é colocada como estratégia normal e corriqueira" explicou.

Veja também:

Manoel Ludgério elenca motivos que o fez tirar o PSD do ‘Blocão’ da ALPB

Redação

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

‘PT não tem que fazer autocrítica’, diz Lula em evento do partido

Em seu primeiro ato partidário desde que foi solto da carceragem da Polícia Federal na última sexta-feira (7), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que o PT…

Autofagia dos secretários de Cartaxo paralisa gestão da PMJP

A garantia do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), de que o candidato à sucessão municipal será escolhido dentre os filiados do PV que integram a gestão municipal tem…