Por pbagora.com.br

Weick evita rebater acusações de Cássio sobre campanha antecipada e diz que justiça já deu a resposta

O Chefe da Casa Civil do governo do Estado, Marcelo Weick evitou, na tarde desta quarta-feira (23), rebater as acusações do ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) sobre a antecipação da campanha eleitoral por parte do governador José Maranhão (PMDB).

Para o secretário, as acusações proferidas pelo ex-governador já obtiveram uma resposta quando o Tribunal Superior Eleitoral determinou a cassação do tucano.

“Não vou responder comentários vindos de ex-governador cassado, pois a justiça já lhe deu a resposta”, disparou.

Weick disse ainda que está disponível para responder a quaisquer pergunta de cunho institucional referente ao governo do Estado, porém, não irá entrar no mérito de tecer comentários sobre a campanha e as divergências políticas da Paraíba.
 

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Pedro Cunha Lima se reúne com Nilvan e convida comunicador para o PSDB

Licenciado da Câmara dos Deputados, em Brasília, o presidente do PSDB da Paraíba, Pedro Cunha Lima, segue com sua agenda buscando fortalecer a legenda para as eleições do ano que…

CPI: ministro ratifica que população acima de 18 anos será vacinada até o fim do ano

O ministro da Saúde Marcelo Queiroga voltou a reafirmar que até o final deste ano toda a população brasileira acima de 18 anos estará vacinada contra a covid-19. A Fala…