Por pbagora.com.br

Após o deputado federal Damião Feliciano tachar de golpe o pedido de impeachment contra o governador João Azevêdo e a vice Lígia Feliciano, sua esposa e acusar o presidente da ALPB, deputado Adriano Galdino de estar por trás do fato, o autor do pedido na ALPB, deputado Wallber Virgolino reagiu à crítica.

“Eu me senti atingido pelo deputado Damião Feliciano. Eu acho que talvez se eu entrasse contra João ele já tinha me aplaudido. Mas, eu não sou moleque de ser manipulado por ninguém. Não devo nada a Adriano Galdino. Não tenho nada pessoal contra o governador, nem contra a vice. Apenas adotei uma postura que a sociedade quer” declarou.

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: Se Romero mira 2022, precisa entender o recado recente das urnas

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, prestou declarações recentes para a imprensa deixando claro que voltar a alimentar as aspirações de concorrer ao Governo da Paraíba. Deve, portanto, disputar…

Em encontro com prefeitos, Veneziano destaca movimento municipalista

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) participou de reunião com mais de vinte prefeitos paraibanos eleitos e reeleitos, além de diversas lideranças a nível estadual, nesta sexta-feira (04), promovida…