O secretário de Planejamento do Estado, Waldson de Souza, negou, durante entrevista nesta segunda-feira (25), a existência de pretensões para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa da Paraíba, em 2018 e aproveitou para sair em defesa do nome do governador para o Senado Federal, no pleito do ano que vem.

Para o socialista, a Paraíba e o PSB não podem perder esse quadro.

“Ele é um quadro político que não podemos não ter à disposição. É impressionante o cenário que ele construiu, e o tamanho que a Paraíba tem hoje, que é maior que quando chegamos, temos muitos dados concretos, muito trabalho apresentado”, declarou o secretário em entrevista à Arapuan Fm.
Waldson ainda enalteceu o nome de Azevêdo para sucessão estadual.

“A tendência é do eleitorado buscar o voto em perfis próximos ao de João. A população espera isso do próximo pleito. João tem missão difícil, superar Ricardo, difícil mais honrosa, e ele fará isso com muita força, estamos unidos e iremos viabilizá-lo. Ricardo é o maior cabo eleitoral da Paraíba, tem a força politica e o respeito, que é a coisa mais concreta”, ressaltou

Da Redação

 

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Lista dos inelegíveis do TCU deve tirar o sono de muitos pré-candidatos

O Tribunal de Contas da União (TCU) tem até o dia cinco de julho, ou seja, daqui a um mês para encaminhar à Justiça Eleitoral e ao Ministério Público Eleitoral…

Ruy diz que PSDB está preparado para a nova realidade eleitoral

O plenário do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) autorizou ontem (04.jun.2020), por unanimidade, a realização, por meio virtual, das convenções partidárias para a escolha dos candidatos nas eleições municipais deste ano,…