A Paraíba o tempo todo  |

Vitalzinho se diz surpreso e indignado após virar alvo da Lava Jato

Em nota encaminhada à imprensa nesta terça-feira (25) o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo após ser alvo de denúncia da Operação Lava Jato em meio à sua 73ª fase, denominada ‘Ombro a Ombro’. O ministro se disse ‘indignado’.

Vitalzinho declarou que o inquérito tramita há 5 anos e que ‘dois procuradores-gerais da República – Rodrigo Janot e Raquel Dodge – não vislumbraram elementos para formalizar o pedido de ação penal’.

Ainda de acordo com a nota, o inquérito foi aberto sem autorização do Supremo Tribunal Federal (STF).

Leia a nota:

‘O ministro Vital do Rêgo foi surpreendido na manhã de hoje com a notícia de que procuradores da Força-Tarefa de Curitiba apresentaram denúncia nos autos de inquérito judicial que tramita há quase cinco anos e que dois procuradores-gerais da República – Rodrigo Janot e Raquel Dodge – não vislumbraram elementos para formalizar o pedido de ação penal.

Causa estranheza e indignação o fato de que a denúncia nasceu de um inquérito, aberto sem autorização do STF, Corte esta que ainda aprecia recurso contra a remessa da investigação para Curitiba/PR, em uma clara usurpação da competência do Supremo Tribunal Federal.’

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe