O Senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) esteve reunido com a Ministra-Chefe da
Casa Civil, Gleisi Hoffmann , com o objetivo de pedir que a Paraíba não
seja afetada com o corte de 40% já anunciado pela Presidência da República
nas verbas destinadas às ações do Plano de Aceleração do Crescimento
efetivadas através da Fundação Nacional de Saúde, o chamado PAC da Funasa.

 

O corte foi anunciado pela Presidência da República e atinge todos os
estados da federação. Segundo Vital, o pedido em favor da Paraíba se dá em
virtude dos efeitos que a estiagem prolongada tem deixado nos 63 municípios
do Estado relacionados pela Funasa e que serão beneficiados, pois já
tiveram seus projetos aprovados.

 

Na reunião, Vital estava acompanhado do Senador Eunício Oliveira (PMDB-CE)
e do Presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).
Ao final do encontro, Vital disse que recebeu da Ministra Gleisi Hoffmann a
garantia de que o pedido foi considerado e será discutido com a Ministra
das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e com a própria Presidente
Dilma Rousseff.

 

O PAC da Funasa prevê investimentos de R$ 3,5 bilhões na Paraíba, no
próximo ano, em ações direcionadas a sistemas de abastecimento de água,
esgotamento sanitário, resíduos sólidos e de saneamento domiciliar em 63
municípios. Com o corte de 40% definido pelo governo, a Paraíba perderia
algo em torno de R$ 1,5 bilhão.

 

Ascom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Efraim Filho reforça torcida por manutenção de Mandetta na Saúde

O deputado federal Efraim Filho descartou a possibilidade de demissão do ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta. Mandetta tem se mostrado eficaz e necessário diante do enfrentamento à pandemia causada…

Após defesa de Vené, governo cancela reajuste anual dos medicamentos

O governo federal anunciou nesta terça-feira (31) que chegou a um acordo com a indústria e o varejo farmacêutico para suspender o reajuste do preço de todos os medicamentos no…