Senador Vital questiona eficácia da plataforma anunciada em 2010 por RC que estipulou como meta 40 anos em 4

De olho já no embate eleitoral de 2014, o senador Vital do Rêgo Filho (PMDB), que passou o fim de semana realizando intensas articulações políticas na Capital Federal, não perdeu a oportunidade e centrou fogo em uma das principais plataformas do governador Ricardo Coutinho, que durante a campanha de 2010 prometeu avançar 40 anos em 4, caso fosse eleito.

Para o peemdebista, o socialista foi eleito, mas, até agora. Exercendo o terceiro ano de mandato, não conseguiu cumprir sequer 1/3 da meta.

Irmão do pré-candidato ao Governo do Estado em 2014, Veneziano Vital (PMDB), que é tido como principal adversário do PSB nas eleições do ano que vem, Vitalzinho apresentou um dado contundente para confrontar a promessa de Ricardo Coutinho.

“AParaíba, no final da década de 60, ocupava a terceira posição entre os estados do Nordeste com o maior PIB (Produto interno Bruno), hoje somos os quarto Estado com o pior PIB”, lamentou lamentou o senador.

E completou: “São dados que nos preocupam e nos fazem ficar preocupados com a formatação de um projeto para a Paraíba”.

Após as articulações políticas, Vitalzinho desembarca em João Pessoa nessa segunda-feira (11). Já o senador tucano Cássio Cunha Lima, que estava em Coimbra, onde o filho Pedro Cunha Lima realiza um mestrado, retorna a Capital federal hoje para cumprir as atividades parlamentares.

 

Com informações de Henrique Lima


PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Deputado critica Cartaxo por proibir Feira Agroecológica, em João Pessoa

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) repudiou, nesta semana, a decisão da Prefeitura de João Pessoa que proibiu a realização da Feira Agroecológica do Ponto de Cem Réis, organizada por…

João Azevêdo nega falta de diálogo e deixa portas do Palácio abertas para a base: “Essa crítica não me cabe”

O governador da Paraíba João Azevêdo garantiu ter deixado as portas do Palácio da Redenção abertas para os deputados estaduais que fazem parte da sua base na Assembleia. De acordo…