Por pbagora.com.br

O senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) lamentou na sessão desta quarta-feira (18) a renúncia do ex-senador José Maranhão (PMDB) do Senado Federal. Talentoso orador e temível pelos adversários, Virgílio disse que o Senado estava trocando um senador experiete por um “explicandinho”, que só entrava no Congresso para se explicar dos processos que responde na Justiça Federal.

Em aparte no plenário, Arthur Virgílio destacou a quantidade de ações judiciais contra Cavalcanti. “Não sei ele tem mais idade ou processo”, disse o senador tucano, que no ano passado, tratando sobre o suplente de senador paraibano, declarou que Roberto Cavalcanti “desfiliva pelo Código Penal”.

Dono do Sistema Correio da Paraíba, Roberto Cavalcanti foi eleito suplente de José Maranhão em 2002. Assumiu o Senado por quatro meses durante licença do titular e ficou na expectativa, durante todo esse tempo de assumir a titularidade do cargo no Senado com a posse de Maranhão no governo.

Responde a processo na Justiça Federal que ficou chamado do Escândalo da Fazenda, onde procuradores da Fazenda foram condenados a receber propinas para reduzir valores de dívidas de empresários com a União.

 

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“A oposição é a que menos deve ter pressa”, diz 1ª vereadora negra de CG

Apesar de ainda distante o tema ‘eleições para a mesa diretora da Câmara Municipal de Campina Grande’ vem sendo tema de intensas articulações entre os vereadores campinenses. De fato a…

ALPB é que vai indicar substituto de Arthur Cunha Lima no TCE

A indicação do próximo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) caberá a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), segundo informações do TCE. O conselheiro afastado do órgão, Arthur Cunha…