O senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) lamentou na sessão desta quarta-feira (18) a renúncia do ex-senador José Maranhão (PMDB) do Senado Federal. Talentoso orador e temível pelos adversários, Virgílio disse que o Senado estava trocando um senador experiete por um “explicandinho”, que só entrava no Congresso para se explicar dos processos que responde na Justiça Federal.

Em aparte no plenário, Arthur Virgílio destacou a quantidade de ações judiciais contra Cavalcanti. “Não sei ele tem mais idade ou processo”, disse o senador tucano, que no ano passado, tratando sobre o suplente de senador paraibano, declarou que Roberto Cavalcanti “desfiliva pelo Código Penal”.

Dono do Sistema Correio da Paraíba, Roberto Cavalcanti foi eleito suplente de José Maranhão em 2002. Assumiu o Senado por quatro meses durante licença do titular e ficou na expectativa, durante todo esse tempo de assumir a titularidade do cargo no Senado com a posse de Maranhão no governo.

Responde a processo na Justiça Federal que ficou chamado do Escândalo da Fazenda, onde procuradores da Fazenda foram condenados a receber propinas para reduzir valores de dívidas de empresários com a União.

 

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Tréplica: em nota, associação do MP repudia declarações de RC contra entidade

A Associação Paraibana do Ministério Público (APMP) divulgou, nesta segunda-feira (25), nota de repúdio para rebater as declarações do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), em ‘live’ pelas redes sociais…

Futuro presidente do TSE já admite possibilidade de adiamento das eleições

O novo coronavírus está mexendo não só com a saúde da população mundial e brasileira, mas aqui no país também pode mudar as datas do primeiros e segundo turnos das…