O vice-presidente nacional do PSB, o ex-ministro da Ciência e Tecnologia Roberto Amara, um dos principais ideólogos de seu partido, azedou ainda o relacionamento entre os socialistas e os tucanos. Em entrevista ao portal nacional IG ele afirmou que o principal adversário do governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), não é a presidente Dilma Rousseff (PT), mas sim o PSDB do senador Aécio Neves que também disputa o cargo.

Para Roberto Amaral uma aliança entre Eduardo e Aécio está praticamente impossível. “Acho praticamente impossível. Acredito que a presidente Dilma Rousseff estará no segundo turno. Então só sobra uma vaga. Portanto, o nosso grande adversário é o Aécio, não é a Dilma. É contra o PSDB que vamos disputar essa vaga. Uma situação muito semelhante à de 2002, quando o candidato do PSB à Presidência foi o deputado Anthony Garotinho (hoje no PR do Rio de Janeiro). Nosso adversário não era o Lula, era o José Serra (PSDB). E nós quase fomos para o segundo turno. Creio que os tucanos não terão outro caminho que não seja o de nos apoiar num segundo turno.”, disse.

A declaração do vice-presidente nacional do PSB deve se refletir na relação entre os tucanos e socialistas na Paraíba. Uma ala do PSDB liderada pelo deputado Ruy Carneiro, defende a candidatura do senador Cássio Cunha Lima, mas a outra que tem como principal articular o vice governador Rômulo Gouveia, é a favor da manutenção da aliança com o PSB do governador Ricardo Coutinho.

Sobre a aliança de Mariana com Eduardo, Roberto está temeroso. “O quadro eleitoral ainda é uma incógnita. A Marina teve 20 milhões de votos em 2010 em condições especiais. Ela não tem necessariamente esse mesmo número de eleitores. Não creio que transferirá todos os seus votos para o Eduardo, mas ela emprestará sua imagem para a chapa e para a campanha” disse.

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vereadora acusa colega de desconhecer regimento da CMJP ao apresentar projeto contra atletas trans

Ao se unir a entidades LGBT e feministas a vereadora pessoense Sandra Marrocos (PSB), acusou a colega de parlamento vereadora Eliza Virgínia (PP), de desconhecer o regimento da casa ao…

2020: deputado aliado de João defende a unificação da oposição em CG

Pré candidato a prefeito de Campina Grande, o deputado estadual Inácio Falcão (PCdoB), defendeu, nesse fim de semana, a unificação da oposição para enfrentar o candidato a ser apresentado pelo…