Dois curingas: Bruno Farias acredita que "indicação de vice-prefeito na majoritária é possível"; Luciano Agra poderia ir para federal

Concluída a eleição do diretório municipal do PPS, os três representantes da legenda na Câmara Municipal, Bruno Farias, Djanilson da Fonseca e Marco Antonio iniciaram um movimento em defesa do lançamento do vice-prefeito Nonato Bandeira na chapa majoritária das oposições em 2014.

""

As opções seriam governador, vice-governador, senador e suplente. Nonato sairia da disputa para deputado federal. Dessa forma, quem poderia encarar a disputa proporcional seria o ex-prefeito Luciano Agra (PEN).

Os dois na condição de "curingas" seriam um trunfo a mais para fortalecer a oposição estadual. A tese faz sentido porque a imagem do ex-prefeito tem um peso eleitoral maior que a do atual vice-prefeito, portanto provavelmente alcançaria mais votos numa eleição proporcional. Enquanto isso, Nonato faria o contraponto a Ricardo Coutinho na capital, pois é mais hábil politicamente e conhece os pontos fracos do atual governador "até as entranhas".

Para a postulação de Nonato, os parlamentares alegam que o PPS obteve um crescimento significativo, com a eleição do vice-prefeito e a forte representação na Câmara Municipal de João Pessoa, além de 3 prefeitos, 11 vices-prefeitos e 66 vereadores na Paraíba inteira, tendo assim a envergadura suficiente para participar das discussões majoritárias.

Eleito novo presidente municipal da legenda, vereador Bruno Farias acredita que a indicação de Nonato na majoritária também poderia contar com o apoio do prefeito Luciano Cartaxo (PT), mas enfatiza: “Nesse momento o vice-prefeito manifesta-se na direção da candidatura à Câmara Federal. Mas queremos incluí-lo na discussão majoritária”.

""Questionado sobre como ficaria a posição do ex-prefeito Luciano Agra nesse cenário, Bruno ressaltou que tanto Nonato quanto Agra só tomariam essa decisão se fosse em comum acordo.

Bruno Farias também defendeu que o PPS precisa renovar seus quadros para embates futuros, apostando na juventude e nas mulheres, "atualmente segmentos decisivos em qualquer processo eleitoral e de formação partidária".

Já o vice-prefeito Nonato Bandeira reafirma que seu desejo é disputar uma vaga na Câmara Federal.

Ytalo Kubitschek

PB Agora
 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ex-prefeito de Catingueira é condenado por crime de estelionato

O ex-prefeito do município de Catingueira, José Edivan Félix, foi condenado a uma pena de três anos, nove meses e 15 dias de reclusão, por desvio de verbas municipais em…

Sem acordo com PMJP, Guarda Municipal deve cruzar os braços

A Guarda Municipal de João Pessoa realizou, nesta quarta-feira (21) uma paralisação em protesto contra a falta de diálogo da administração municipal em relação a negociação salarial, João Pessoa paga…