Oposição e situação frente `a frente. O vereador Alexandre do Sindicato (PHS), integrante da base governista na Câmara Municipal de Campina Grande, e o vereador Bruno Faustino (PSB), da bancada oposicionista, travaram um debate na Rádio Campina FM, sobre o Governo do Estado da Paraíba e também sobre a Prefeitura campinense
Como aliado de Romero, e oposição ao Palácio da Redenção, Alexandre, disse que o Governo do Estado, durante um longo período, se manteve longe de Campina Grande, com ações pontuais, mas que não trazia a realidade do que a Rainha da Borborema precisava.

Alexandre disse também que há dificuldade na gestão e uso de equipamentos e citou o caso de um helicóptero, segundo ele, apresentado no período eleitoral, que ficaria em Campina Grande. O parlamentar disse que, na verdade, esse equipamento não está na cidade, e que o outro que estava sendo usado no São João, a hélice era emprestada do Ceará e já foi devolvida.
– Nós temos uma cidade com quase 400 mil habitantes, mais de 200 mil que circulam diariamente no nosso município, mas temos um número reduzido de policiais militares, que, diga-se de passagem, são uma força importante como guerreiros nessa ação – completou.

Ele afirmou que não há dúvidas que a grande ação do governo estadual no município é a presença do Hospital de Emergência e Trauma e afirmou ainda que sua nota, a preço de hoje, para o governo de João Azevêdo, de 0 a 10, é 8.
Como membro da oposição, o vereador Bruno Faustino disse que no governo do prefeito Romero Rodrigues (PSD), também existem diversos pontos a serem considerados.

De acordo com o vereador, ele tem frequentado e fiscalizado algumas creches e afirmou que algumas estão fechadas e precisando urgentemente de atenção.

Bruno continuou o argumento falando sobre a Guarda Municipal, que antes era composta por cerca de 70 guardas e hoje conta com menos de 50, e também sobre a integração, que, ainda segundo ele, foi abandonada pela atual gestão.
Por fim, o político ressaltou ainda alguns temas colocados como importantes por ele, a exemplo da Alça Leste, do canal da Ramadinha, Santa Rosa e Malvinas, a reabertura dos restaurantes populares e feiras livres.

– Eu não posso dar uma média considerável, eu acredito que uma média 6 já é de bom tamanho – finalizou.

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

VÍDEO: em meio à crise no PSB, Sandra afaga ego da gestão Cartaxo

A vereadora socialista Sandra Marrocos (PSB) surpreendeu na noite dessa quinta-feira (19) durante assembleia do Orçamento Participativo na região dos Bancários promovida pela gestão do prefeito Luciano Cartaxo, ao elencar…

Presidente nacional do Podemos desmente mudanças no comando do partido na Paraíba

Em entrevista à imprensa paraibana, a Presidente nacional do Podemos, deputada federal Renata Abreu, desmentiu a especulação feita por um portal de que existiria alguma possibilidade de mudança no comando…