Por pbagora.com.br

A distribuição, de forma indevida, de colchões que deveriam ser enviados para prédios públicos que alojam moradores de rua, vítimas da covid-19, feita por parte do prefeito interino da cidade de Bayeux, Jefferson Kita (Cidadania), virou caso de mais um pedido de CPI na Câmara Municipal da cidade.

Desta vez, seis vereadores assinaram o pedido de investigação que versa sobre o desvio de finalidade durante a distribuição dos colchões licitados e comprados durante a gestão do ex-prefeito Berg Lima.

Entretanto, o prefeito interino Jefferson Kita distribuiu os referidos colchões de forma aleatória.

No pedido de CPI protocolado nesta quinta-feira (16), os vereadores anexaram fotos e filmagens que comprovam o desvio de finalidade.

A CPI foi apresentada pelo vereador Adriano do Táxi e subscrita pelos vereadores França, Guedes, Rubem, Uedson Orelha e Dedeta.

Na última segunda-feira (13), uma denúncia sobre o tema também foi protocolada pelo presidente do PL no município, Diego Medeiros.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Pedras de Fogo: Manoel Jr cobra investigação sobre execução de empresário

O pré-candidato a prefeito de Pedras de Fogo, Manoel Júnior (Solidariedade), se reuniu, nessa quinta-feira (13), com o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e com o secretário estadual de Defesa…

Oficial: Bruno Cunha Lima é ungido candidato à PMCG

Após muita expectativa, e meses de indefinição, o prefeito Romero Rodrigues (PSD) anunciou nesta sexta-feira (14) o ex-deputado estadual Bruno Cunha Lima também do PSD, como candidato a Prefeitura Municipal…