O grande expediente de ontem, na Câmara Municipal de João Pessoa, foi pautado pelo embate entre oposição e base governista, sobre a situação de precarização em que se encontram os agentes comunitários de saúde. Segundo vereadores de oposição o prefeito Luciano Cartaxo prefere viajar por cidades para Paraíba, do que sentar com os servidores municipais.

Num primeiro momento, o tema foi levantado pelo vereador Léo Bezerra (PSB). Disse que, na terça-feira, a categoria foi ao legislativo municipal mais uma vez pedir melhores condições de trabalho, não somente no que diz respeito à questão salarial, mas também para solicitar equipamentos de trabalho, tais como protetor solar, uma vez que os agentes atuam sob o sol, percorrendo bairros, bonés e bolsas. Queriam que os vereadores intermediassem encontro com o prefeito Luciano Cartaxo (PSD), no Paço Municipal. Contudo, de acordo com o vereador socialista, o gestor não se encontrava na cidade, pois havia viajado para o município de Mari, onde participaria de festividade.

 

“Cartaxo está antecipando o pleito de 2018. Pare de viajar, prefeito, vá andar pelos bairros”, disparou. Já o líder da oposição, Bruno Farias (PPS), afirmou que desde 2013 a prefeitura prometeu esses equipamentos aos agentes de saúde, mas não cumpriu. “Ele está judiando muito com esse pessoal”, criticou, “não consegue ouvir por cinco minutos os agentes, prefere viajar para participar de uma festa em Mari”.

Já o vereador Marcos Henrique, do PT, disse que “os agentes estão na penúria”. E citou que em Sousa e Santa Rita, respectivamente, os agentes ganham quase “R$ 2 mil e R$ 1.800” – na capital o salário base do segmento é de pouco mais de R$ 1.100.

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vereadora acusa colega de desconhecer regimento da CMJP

Ao se unir a entidades LGBT e feministas a vereadora pessoense Sandra Marrocos (PSB), acusou a colega de parlamento vereadora Eliza Virgínia (PP), de desconhecer o regimento da casa ao…

Julian pede para Moacir deixar o PSL: “Eu ajudo ele a sair. É um zero negativo”

A briga interna dentro do PSL paraibano parece não ter fim e mais uma vez o deputado federal e presidente estadual do PSL, Julian Lemos foi enfático ao pedir que…