A vereadora Daniella Martins (PSB), em Caldas Brandão, fez um desabafo nas redes sociais após o atentado de que foi vítima, nesse final de semana, enquanto vistoriava a colocação de postes em uma rua da cidade onde ela é representante do parlamento municipal.  Passado o susto, ela agradeceu todo o suporte dado a ela e ao seu esposo.

Em um desabafo nas redes sociais Daniella apontou como autor do atentado contra a sua vida, o irmão do marido da prefeita Neuma Rodrigues.

Daniella disse no boletim de ocorrência que após tentar jogar o carro para cima dela, o homem teria inclusive apontado uma arma.

“Nós estamos colocando uma rede de postes e foi nesse local que ocorreu inclusive o que muitas pessoas estão me ligando, mandando mensagem  sobre o atentado de homicídio que eu sofri do cidadão que é irmão do marido da prefeita do nosso município, Marconi Rolim, eu nunca fiz nada a esse cidadão, não sei por qual motivo ele fez isso comigo” disse.

Logo após, a vereadora também agradeceu o apoio do governador João Azevêdo, da polícia e do hospital onde realizou o exame de corpo de delito.

“Gostaria de agradecer as pessoas que se solidarizaram comigo, ao nosso governador João Azevêdo, ao secretário de segurança, ao delegado Felipe Mascarenhas, ao dr. Valdoriz, à Polícia Militar em nome do coronel Oscar, do Hospital de Itabaiana onde eu fui fazer o exame de corpo de delito e todos que estão até agora me mandando mensagem” pontuou.

CONFIRA

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Por não concordar com o golpe, vieram os ataques” diz Leo ao rebater Estela

O vereador Leo Bezerra (Cidadania) não se calou diante da nota da deputada estadual Estela Bezerra (PSB) que colocou em xeque a fidelidade partidária tanto de Leo quanto do seu…

Cidadania em JP confirma adesão de 90% da base pró-candidatura própria, mas condiciona decisão a aval de João

O presidente do Cidadania em João Pessoa, vereador Bruno Farias, revelou que a base do partido deseja participar ativamente das eleições municipais deste ano disputando na majoritária. No entanto, segundo…