Visando garantia o direito de ir e vir de todos os brasileiros, a vereadora de João Pessoa, Helena Holanda, vai entrar com uma ação no Ministério Público Estadual (MPPB) contra o grupo de idosas que querem proibir pessoas com algum tipo de deficiência frequentem a praia. O pedido foi feito à parlamentar nessa terça-feira (21), que achou um absurdo e reagiu contra.

Todos os sábados o projeto Acesso Cidadão promove a inclusão social e permite a acessibilidade às pessoas com deficiências ou mobilidades reduzidas às atividades simultâneas de esporte, cultura e lazer e isso, segundo as idosas, estaria “incomodando pessoas ilustres” do bairro Cabo Branco.

A parlamentar está juntando documentos e provas para formular a denúncia junto à Promotoria do Cidadão. Para ela, esse pedido foi completamente absurdo e merece uma ação punitiva contra as pessoas que o fizeram. Helena Holanda acrescentou que, ao contrário de proibir, irá trabalhar para que o projeto seja expandido.

Redação

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Lígia nega convite para João se filiar ao PDT: “Não houve tratativa sobre o tema”

Nesta segunda-feira (18) a governadora em exercício Lígia Feliciano negou que tenha feito convite a João Azevêdo (PSB) para que passe a integrar os quadros do PDT. Lígia destacou que…

Sem Ricardo Coutinho no páreo, Galdino prevê eleição de ‘anões’ em JP

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Adriano Galdino (PSB) fez uma análise do cenário que se forma para a disputa eleitoral pela prefeitura de João Pessoa, em 2020,…