O vereador de Campina Grande, Alexandre do Sindicato, encaminhou nota à reportagem do PB Agora para explicar seu posicionamento favorável a municipalização dos serviços da Cagepa na cidade.

Ontem a reportagem o PB Agora destacou a presença do parlamentar em um fórum que quer justamente o contrário, que a Cagepa continue estadualizada.

Alexandre ressalta que foi convidado para o evento e que esteve no evento não como autor do projeto, mas sim como representante do parlamento, respeitando os que tem posição distinta da dele.

Ele ainda disse se tratar de uma ilação a possibilidade de o serviço ser privatizado em Campina Grande caso ocorra a eventual municipalização.

 

VEJA A RESPOSTA

 

A respeito de matéria publicada neste portal, o vereador Alexandre do Sindicato pede o obséquio de que seja concedido espaço para os esclarecimentos que se seguem:

1) O parlamentar esteve presente ao lançamento do Fórum Alternativo Mundial da Água, em João Pessoa, representando a Câmara Municipal de Campina Grande;

2) A agenda do referido Fórum não impede ou proíbe o acesso de quem eventualmente tenha posições distintas, tanto que o vereador Alexandre do Sindicato foi muito bem recebido e, inclusive, aplaudido;

3) O vereador Alexandre não possui qualquer indisposição no que se refere a participar de debates com pessoas e segmentos que, eventualmente, possuam visões distintas da sua, qualquer que seja o tema, realidade típica da democracia;

4) O vereador Alexandre do Sindicato, de igual modo e por iguais razões, não enxerga problema algum em estar próximo a representantes de classes e segmentos que, eventualmente, tenham posições distintas das suas, sobre qualquer que seja o tema, tendo em vista que o respeito pessoal está acima de quaisquer diferenças;

5) A afirmação de que o projeto que tramita na Câmara Municipal quer “municipalizar para depois privatizar os serviços realizados pela Cagepa em Campina Grande” é eivada de ilações, mais parecendo a fala de um aliado de determinados grupos políticos que um texto jornalístico;

6) É oportuno ressaltar que o Fórum Alternativo Mundial da Água, dentre outros enfoques, têm condenado a utilização dos recursos hídricos como meio de lucro, de exploração comercial, prática esta exatamente a que o Governo do Estado, através da Cagepa, tem implementado na Paraíba, com o reajuste sequenciado e elevado da tarifa, penalizando a população para aumentar a arrecadação de uma gestão perdulária e ineficiente;

7) O projeto que tramita na Câmara Municipal, em verdade, quer assegurar o respeito aos interesses da população campinense, que não vê a onerosa conta de água que paga todos os meses se converter em serviços e investimentos para a própria cidade;

8) Prezar pelo patrimônio do Município e o bem-estar do povo de campinense é mister dos vereadores e, destarte, o vereador Alexandre do Sindicato não se deixará intimidar, mesmo ciente dos ataques oriundos de figuras ligadas àqueles que têm demonstrado repetidamente pouco se importar com Campina.

Grato pela atenção dispensada, reafirmo que o interesse de Campina Grande é uma bandeira que levaremos vigorosamente adiante e, no que tange ao projeto em questão, restará clara a sua importância e relevância para a Rainha da Borborema.

Campina Grande, 29 de novembro de 2017

 

Vereador Alexandre do Sindicato

 

 



Redação

 

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Julian desqualifica acusações de ex-dirigente do PSL/SE: “Não é ninguém”

O deputado federal Julian Lemos, do PSL/PB, reagiu, nesta terça-feira (22), às declarações do ex-presidente do PSL de Sergipe, João Tarantela, contra ele – sobre um suposto complô na legenda…

Deputado retoma mandato na ALPB após licença de 120 dias

Após licença de 120 s deputado Branco Mendes retomou as atividades legislativas na Casa de Epitácio Pessoa nesta terça-feira (22). Com isso, Trócolli Júnior (Podemos), voltou a condição de suplente.…