Por pbagora.com.br

Um vereador de Caraúbas no Brejo paraibano, morreu de infarto durante apuração dos votos neste domingo (15). O ex-vereadorJosé Josimá Ferreira da Silva, conhecido como Bazoca, não suportou a emoção de voltar a Casa e sofreu um inafarto quando os números Tribunal Superior Eleitoral (TSE), confirmaram a sua vitória.. Ele era o vereador mais antigo da cidade e iria cumprir seu quarto mandato consecutivo.

A enfermeira da família e filha do candidato Ingryd Vilar, relatou em sua rede social que a família estava acompanhando a apuração quando, por volta das 17h20, ele passou mal e desmaiou. Bazoca foi encaminhado para o Hospital e a equipe médica tentou reanimá-lo por cerca de 35 minutos, mas o homem não resistiu e morreu no local.

A trajetória política de Bazoca começou em 2004 quando se candidatou pela primeira vez, mas ele só se elegeu em 2008. Nesta eleição 2020, ele era candidato pelo MDB e havia sido reeleito com 177 votos, sendo o segundo mais votado do partido. Ao todo, ele foi o nono mais votado da cidade.

Além da morte do ex vereador, um fato inusitado chamou a atenção do Município de Caraúbas.. O atual prefeito Silvano Dudu (DEM) e Nerivan (MDB) tiveram exatamente 1.761 votos cada. No fim, contudo, Silvano foi reeleito por ser o mais velho dentre os dois.

Silvano Dudu nasceu em 12 de março de 1968 e tem 52 anos. Nerivan, por sua vez, nasceu em 24 de novembro de 1985 e completa 35 anos em menos de dez dias. Foi essa a diferença de idade que definiu o pleito no município.

O detalhe é que a cidade teve um terceiro candidato. Renivan (Rede) teve apenas 94 votos.

Caraúbas ainda registrou 100 votos nulos e 28 votos brancos, totalizando 3.744 votos computados.

Redação

Notícias relacionadas

Levantamento do PB Agora contabiliza 10 nomes cotados para disputar única vaga da Paraíba no Senado em 2022

Um levantamento feito pela reportagem do PB Agora contabilizou ao menos dez nomes cotados para ingressar na disputa pela única vaga da Paraíba no Senado Federal nas eleições de 2022.…