Ex-líder do então prefeito Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), e atual membro da bancada que dá sustentação política ao prefeito Romero Rodrigues (PSDB) o vereador Pimentel Alves (PROS) refutou a declaração recente do Chefe de Gabinete da prefeitura de Campina Grande, Tovar Correia (PSDB) de que a adesão dos parlamentares a nova sigla estaria condicionante ao rumo que o prefeito tucano tomasse. “Estamos livres para votar com nossas consciências”, disse Pimentel.

O PROS apesar de ter perdido um dos seus filiados o vereador Hercules Lafite que deu marcha ré e voltou ao (PSC), ainda conta com uma considerável bancada formada pelos vereadores Alexandre do Sindicato, que preside a legenda na cidade; Cícero Buchada, Ivan Batista e Pimentel Filho.
Para Pimentel que recentemente saiu do PMDB, as filiações ao PROS não passaram por nenhuma condicionante impositiva como subentendeu Tovar. “O partido está à vontade, não está condicionado a nenhuma imposição. Temos a liberdade de votar pela nossa consciência”.

Ao ser questionado sobre as constantes críticas do vereador Alexandre do Sindicato ao modelo de gestão instalado na Paraíba atualmente, Pimentel subscreveu as críticas revelando que esse é o sentimento da maioria dos vereadores. “A grande maioria da Câmara Municipal segue as críticas ao modelo de gestão estadual”, finalizou Alves.

PBAgora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Luciano Cartaxo leva “puxão de orelhas” em público de Damião durante encontro

Um encontro em Brasília entre o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV) e bancada paraibana no Congresso Nacional, na última terça-feira (8),  resultou num puxão de orelha para o…

João Azevêdo faz balanço dos primeiros nove meses de gestão

O governador João Azevêdo fez, nesta segunda-feira (14), um balanço dos primeiros nove meses de gestão, destacando ações em áreas como saúde, educação, segurança e infraestrutura. A inauguração do Batalhão…