Por pbagora.com.br

Integrante da oposição na Câmara Municipal de Campina Grande, o vereador Galego do Leite (Podemos), disse que é contra ao projeto de reajuste dos parlamentares campinenses.

Em entrevista a Rádio Caturité FM, ele destacou a contrariedade ao aumento salarial de cerca de 30% em relação ao salário vigente.

– Eu sou contra o reajuste, pois a população não entenderia que os vereadores recebam um aumento. Nós vivemos em um momento de crise, e os vereadores ganham bem. O salário é R$ 12.025. Com os descontos, recebo pouco mais de R$ 8 mil. Não seria compreendido um aumento de 20% ou 30%, e duvido muito que qualquer um vereador queira sugerir esse aumento de salário. Não pegaria bem – afirmou.

Em recente entrevista, a presidente da Câmara de Vereadores de Campina Grande, Ivonete Ludgério (PSD), levantou a possibilidade de discussão sobre um possível reajuste salarial para os vereadores, que sairia de R$ 12.025,00 para cerca de R$ 16 mil.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Apostamos no diálogo político” diz Antônio Barbosa ao ser cotado para vice de RC

O advogado Antônio Barbosa, ex-presidente do diretório do PT de João Pessoa admitiu a possibilidade de ser o nome do PT para compor chapa com Ricardo Coutinho (PSB) na disputa…

Opinião: presidente do PCdoB na corda bamba entre admitir ou não publicamente ter rejeitado convite para ser vice de RC

A presidente estadual do PCdoB da Paraíba silenciou após a repercussão de que teria rejeitado um convite do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) para ocupar a vice na chapa pela disputa…