Exercendo o seu primeiro mandato da Câmara Municipal de Campina Grande, o vereador Rodrigo Ramos (ex-PMN) não esperou o dia 5 de outubro passar em branco, e já se filiou ao Partido da Solidariedade.

O vereador ligado ao pré-candidato ao Governo do Estado Veneziano Vital do Rêgo e faz parte da oposição na CMCG, vai comandar o Solidariedade na cidade. Ele foi convidado para integrar a legenda pelo deputado federal Benjamim Maranhão, que preside o partido no Estado.
Anteontem (03), Benjamin negou que a filiação de novas lideranças esteja condicionada ao apoio à base governista e acrescentou que a nova legenda não está marchando para o jardim dos girassóis como foi especulado.

Durante todo o dia de hoje, Rodrigo Ramos tentou convencer o seu colega de bancada Galego do Leite a também se filiar no Solidariedade. Até o final do dia, o vereador deverá dá uma resposta se aceita o convite ou permanece no PMN de Lídia Moura.

Desde a posse, Rodrigo Ramos entrou em rota de colisão com a cúpula do PMN, que resolveu aderir ao governo do prefeito Romero Rodrigues (PSDB). Ele chegou a trocar farpas com a direção do PMN, especificamente Lídia Moura, presidente estadual do partido, e Bala Barbosa, marido de Lídia e um dos dirigentes da sigla.

“Saio de coração partido do PMN, mas, como o partido está na base do prefeito, não era coerente ficar”, disse Rodrigo. Ele revelou, nas redes sociais, que vai ajudar na construção do Solidariedade, e ainda poderá sair candidato a deputado estadual.

Nas últimas eleições o PMN elegeu três vereadores em Campina Grande. Só que no começo deste ano, a direção do partido optou em aderir ao bloco governista na Casa. Dos três vereadores, apenas o Sargento Regis seguiu a risca a orientação da direção do partido. Rodrigo Ramos e Galego do Leite permaneceram na oposição.

PBAgora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Site do PSDB nacional é hackeado; página inicial tem a foto de Lula e Dilma

Quem tentou entrar no site oficial do PSDB nacional na noite deste domingo (18/8) encontrou um aviso de “em manutenção”. Isso porque, mais cedo, alguém invadiu o portal e publicou…

Dois extremos: vereador da Capital pode trocar PCdoB por PSL

Eleito pelo Partido Comunista Brasileiro nas eleições de 2016 para um mandato de quatro anos como vereador de João Pessoa, o secretário do Procon de João Pessoa, Helton Renê, pode…