A Paraíba o tempo todo  |

Vereador bolsonarista resmunga contra ‘passaporte da vacina’ na PB: “Infração ao direito de ir e vir”

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

“Até onde se pode restringir o ‘ir e vir’ das pessoas?”, questionou o vereador bolsonarista de João Pessoa Carlão Pelo Bem (Patriota), na sessão ordinária desta quinta-feira (14). “Não vejo com alegria esse passaporte sanitário e tenho o direito de pensar assim. Fui eleito para esta tribuna para expressar sentimentos que estão lá fora, nas ruas”.

Para o parlamentar, todos têm o direito de compreender o que é bom para si e isso deve ser respeitado. Ele voltou a explicar que a vacina desenvolvida mais rapidamente foi a da caxumba, que levou quatro anos, e comparou com os imunizantes disponíveis contra a Covid-19, produzidos em cerca de 12 meses.

“Imaginem alguém querer tirar o salário de uma pessoa que não quisesse ou pudesse se vacinar. O que querem colocar na mente da gente é que a humanidade só sobreviveria por causa da vacina. Não é real. Existe estudos que reconhecem os benefícios de uma imunidade natural, que, inclusive, traz maior proteção que a própria vacina. Precisávamos correr para salvar o máximo de pessoas. Sou um defensor ferrenho da vacina, mas, da obrigatoriedade, não”, enfatizou.

Da Redação

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe