Por pbagora.com.br

 Recente pesquisa de âmbito nacional, realizada pela Consultoria Austin Rating, apontou a Prefeitura de João Pessoa como uma das 50 administrações públicas, de médio e grande porte no País, que melhor aplica recursos nos setores de saúde, educação, sustentabilidade e desenvolvimento humano. No total, o estudo analisou cerca de 50 pontos nas 5.565 cidades brasileiras pesquisadas, das quais foram levantados os indicadores sociais e econômicos bastante favoráveis à capital paraibana, que atingiu o 2º lugar em execução orçamentária e em atenção ao jovem, e ainda, o 3º lugar em qualidade de vida, no ranking do mesmo estudo.

 

O vereador da Capital e integrante da bancada de situação na Câmara Municipal de João Pessoa, Ubiratan Pereira – Bira, comemorou a notícia e atribuiu o sucesso desses números atingidos por João Pessoa, ao planejamento, compromisso e trabalho desempenhado pela administração do prefeito Luciano Cartaxo.

 

“Sem dúvidas esses positivos indicadores sociais apontados nessa pesquisa, e que já são reconhecidos pela população pessoense, são resultados claros do trabalho desempenhado pelo prefeito Luciano Cartaxo, que soube abraçar os problemas estruturantes de nossa cidade, buscando recursos federais para execução de obras e ações, e acima de tudo, tem selado pela administração local, tornando nossa cidade destaque no índice de desenvolvimento, em qualidade de vida, maior execução orçamentária e potencial turístico, que está sempre em alta, além de uma infraestrutura, que apesar de ter algumas deficiências, tem melhorado significativamente”, disse o parlamentar.

 

Segundo o vereador, os índices apontados na pesquisa também só demostram que João Pessoa está no caminho certo e que tem uma gestão estratégica, que pensa no futuro e que tem apostado e impulsionado o potencial econômico e as cadeias produtivas locais. Bira lembra inclusive que, todo esse reflexo positivo, foi obtido pela gestão do prefeito Luciano Cartaxo, sem nenhum aumento de impostos com tem feito o Estado e a União, para atingir suas metas.

 

“Isso também é fruto de um planejamento de gestão. Pois, me lembro muito bem quando Cartaxo baixou um decreto reduzindo as despesas de custeio, gratificações e contratos licitatórios, etc., tudo isso, bem antes desse cenário de crise econômica anunciada e contingenciamento orçamentário do governo federal, além de queda do FPM e de ter zerado a execução de convênios federais. Diferente de outros gestores que, não tiveram coragem de cortar antes na própria carne, e hoje, estão tendo que se mobilizar contra a redução de repasses nacionais”, complementou Bira.

 

Por fim, o vereador destacou ainda, que todo esse reconhecimento da gestão do atual prefeito, também desmente e desbanca falsas insinuações de parlamentares de oposição, que tentavam colar o desgaste nacional à imagem da administração pública municipal pessoense. “O desejo dos que torcem contra a gestão do prefeito Cartaxo, foi mais uma vez desbancado por uma gestão que tem se preocupado em economizar e com o custeio da máquina pública, para não ter que agora paralisar obras, nem deixar de garantir pagamento do funcionalismo ou deixar de manter diálogo com as categorias, ou ainda de jogar problemas para debaixo do tapete”, finalizou Bira.

 


Assessora de Imprensa

Notícias relacionadas

Wilson Filho solicita ampliação do Projeto Prato Cheio para todas as regiões da Paraíba

O deputado estadual Wilson Filho (PTB) participou na manhã desta quarta-feira (4) da 14ª Sessão Ordinária da Assembleia Legislativa da Paraíba e solicitou ao Governo da Paraíba a ampliação do…

Veja ponto a ponto do depoimento de Luiz Henrique Mandetta à CPI da Covid

Em mais de sete horas de depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta detalhou procedimentos que adotou contra a pandemia e…