Por pbagora.com.br

Objetivo é evitar conchavos e arrumadinhos políticos

O vereador Adriano Martins afirmou que caso venha a concorrer ao cargo de prefeito de Bayeux nas eleições indiretas e vença a disputa, irá encaminhar para a Câmara Municipal projeto de lei que proíba a nomeação de parentes de vereadores no cargo de secretários municipais. Para Adriano Martins, a medida é necessária para evitar ‘arrumadinhos’.

O parlamentar disse que é contra a indicação, por parte de vereadores, a cargos na administração municipal. Adriano Martins declarou que não aprova esse tipo de prática e que quem o conhece sabe que seu estilo de política não abraça conchavos.

– Não tenho esse tipo de acordo. Se o presidente fizer a eleição, irei concorrer porque a lei me permite. E se eleito, meu primeiro ato será o de mandar uma lei para a Câmara proibindo contratação de familiares de vereadores para o cargo de primeiro e segundo escalão” -, prometeu Martins.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Roberto Paulino destaca apoio de João Azevêdo na campanha em Guarabira

“Homem íntegro, honesto, trabalhador e humilde” Essas são algumas das palavras proferidas pelo governador João Azevêdo (Cidadania) em vídeo, para cravar sua participação na campanha eleitoral do município de Guarabira,…

Atuação da estadual amplia espaços e reforça representatividade do SD na PB

Desde 2019 o diretório estadual do Solidariedade/PB trabalha para eleger aproximadamente 18 prefeitos nas eleições municipais de novembro de 2020. Essa é uma estimativa ambiciosa, já que significa pouco mais…