Com 29 processos de que foi alvo já arquivado e com apenas um tendo retornado à primeira instância, o deputado federal e candidato ao Senado Federal, Veneziano Vital do Rêgo (PSB) disse, em entrevista nesta segunda-feira (24), que sempre teve a consciência tranquila diante das acusações que sofrera após deixar a prefeitura de Campina Grande.

Segundo ele, esse é o estilho ‘Cunha Lima’ de agir, abrindo processos para tentar macular a imagem do adversário.

 “Quando saí, havia uma perspectiva de candidatura ao governo, que só não foi levada a diante por forças casuais. Esse é o estilo Cunha Lima de agir, não há nada de novo, mas eles não se corrigem fazem isso sempre, e ainda estão fazendo escola na política paraibana. Eu sempre tranquilizei meus eleitores e meus correligionários”, ressaltou.

Vené lembrou que os autores dos processos pertencem à atual gestão campinense, liderada por Romero Rodrigues (PSDB) e a própria justiça já comprovou sua inocência “São acusações completamente infundadas, redigidas por muitos que hoje estão em altos cargos da prefeitura”, arrematou.

Vené disputa a primeira vez uma vaga ao Senado Federal. Ele foi filiado ao MDB por muitos anos e hoje se encontra nos quadros do PSB.

PB Agora

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cidadania JP convoca reunião ampliada para tratar da campanha eleitoral

O Cidadania JP, através do seu presidente, vereador Bruno Farias, publicou edital no qual convoca todos os membros do Diretório Municipal, assim como os pré-candidatos ao cargo de vereador da…

Juiz eleitoral diz que renúncia de Berg não provoca nova eleição

Após o prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima, protocolar carta renunciando ao cargo público, o  juiz Euller Jansen, da 3ª Vara de Bayeux e 61ª Zona Eleitoral, declarou que o…