Com 29 processos de que foi alvo já arquivado e com apenas um tendo retornado à primeira instância, o deputado federal e candidato ao Senado Federal, Veneziano Vital do Rêgo (PSB) disse, em entrevista nesta segunda-feira (24), que sempre teve a consciência tranquila diante das acusações que sofrera após deixar a prefeitura de Campina Grande.

Segundo ele, esse é o estilho ‘Cunha Lima’ de agir, abrindo processos para tentar macular a imagem do adversário.

 “Quando saí, havia uma perspectiva de candidatura ao governo, que só não foi levada a diante por forças casuais. Esse é o estilo Cunha Lima de agir, não há nada de novo, mas eles não se corrigem fazem isso sempre, e ainda estão fazendo escola na política paraibana. Eu sempre tranquilizei meus eleitores e meus correligionários”, ressaltou.

Vené lembrou que os autores dos processos pertencem à atual gestão campinense, liderada por Romero Rodrigues (PSDB) e a própria justiça já comprovou sua inocência “São acusações completamente infundadas, redigidas por muitos que hoje estão em altos cargos da prefeitura”, arrematou.

Vené disputa a primeira vez uma vaga ao Senado Federal. Ele foi filiado ao MDB por muitos anos e hoje se encontra nos quadros do PSB.

PB Agora

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João Azevêdo nega falta de diálogo e deixa portas do Palácio abertas para a base: “Essa crítica não me cabe”

O governador da Paraíba João Azevêdo garantiu ter deixado as portas do Palácio da Redenção abertas para os deputados estaduais que fazem parte da sua base na Assembleia. De acordo…

Ricardo Barbosa prevê pacificação no PSB prestes a acontecer

O líder do governo na Assembleia Legislativa, o deputado Ricardo Barbosa, (PSB), ainda crê em superação da crise no Partido Socialista Brasileiro. Em entrevista, ele deixou claro, que torce pela…