O Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) lamentou a tentativa do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), de desativar o Terminal de Integração de Passageiros, prejudicando, assim, milhares de campinenses que diariamente usufruem do sistema público na cidade. O Terminal foi construído por Veneziano em sua gestão como prefeito de Campina Grande, e permitiu aos usuários se locomover para qualquer ponto da cidade, pegando dois coletivos, mas pagando apenas uma passagem.
 
Em vídeo postado em suas redes sociais, Veneziano repudiou a postura do prefeito de invalidar o Terminal, ou condenar ao abandono, da mesma forma como fez com a Vila Olímpica Plinio Lemos, construída no bairro de José Pinheiro, na Zona Leste da cidade.
 
Desde que implantou o chamado “cartão temporal” que o prefeito já vinha dando sinais de que iria desativar o terminal. Na manhã desta segunda-feira (08), os usuários foram surpreendidos com a decisão da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) de obrigar os campinenses a adquirir o cartão do SITRANS, sob pena de pagar duas passagens. A medida causou tumulto e revolta aos usuários, que enviaram uma “avalanche” de mensagens para Veneziano repudiando a decisão.
 
O Senador manifestou a sua solidariedade aos campinenses e lamentou a falta de sensibilidade e o total desrespeito do prefeito com os usuários do sistema. Ele lembrou que, por força de sua incompetência, o atual gestor não fez nada em favor da Rainha da Borborema, ao longo desses quase sete anos, a não ser apresentar obras financiadas com recursos do governo federal como se fossem iniciativas de sua gestão.
 
“Recebi diversos telefonemas e inúmeras mensagens de cidadãos campinenses mostrando a sua indignação a respeito do que aconteceu nesta segunda-feira no Sistema de Integração, que foi implantado por nossa gestão, e que levou a todos, principalmente aos estudantes, trabalhadores e assalariados, a condição de se deslocar pagando uma única passagem”, afirmou Veneziano no vídeo.
 
Ele disse que a tentativa do prefeito de desativar o Terminal de Integração, atacando a gestão do seu antecessor, só beneficia um segmento, que é o empresarial, e penaliza a população, que há mais de uma década usufrui de um sistema que favoreceu a todos que dependem do transporte público para se locomover para a escola ou trabalho.
 
O Senador enfatizou que quando resolveu construir o Terminal de Integração de Campina Grande foi pensando exatamente em reduzir os custos para os usuários e, principalmente, para a classe estudantil. “É lastimável o que atualmente podemos constatar”, lamentou.

Assessoria

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: clã Cunha Lima inicia “ensaio” para voltar ao Governo da PB com Pedro

O protagonismo político do clã Cunha Lima na Paraíba foi, de certa forma, sepultado com a amarga derrota do ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) que, no pleito de 2018, em…

Veneziano vota a favor da partilha do pré-sal para os municípios

O Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) votou favoravelmente, na manhã desta terça-feira (15), ao Projeto de Lei (PL 5.478/2019) que divide parte dos recursos do leilão do pré-sal com…