Ainda filiado ao PSB, o senador Veneziano Vital do Rêgo tem evitado polemizar o racha dentro do partido. Em entrevista nesta quinta-feira (05) ele ressaltou que seu futuro político ainda está indefinido e que só após uma conversa com o governador João é que anunciará qual rumo partidário tomará.

Apesar da postura, Veneziano lastimou e lamentou as recentes declarações do ex-governador Ricardo Coutinho sobre a postura que ele, enquanto senador tem adotado, e alertou que, ao que parece, Coutinho não se sente à vontade com o sentimento pacifista.

“Aí eu não tenho como ajudar o ex-governador. Se ele com toda a experiência não compreende a postura de uma pessoa que é equilibrada, que é educada, que sabe reconhecer nos outros os valores que extrínseca e intrinsecamente têm, aí eu lastimo e lamento. Mas a minha postura, o meu comportamento, é um comportamento que a Paraíba bem sabe. Existem perfis que são próprios de cada um dos seres humanos. Eu não me dou ao perfil que alguns gostam, ou seja, eu sei tratar as relações pessoais, como as relações pessoais assim o dizem, de forma equilibrada, moderada e educada. Se o ex-governador Ricardo não compreende que a minha postura foi de tentar realinhar, harmonizar, compactuar, é porque por certo o ex-governador não se sente à vontade com o sentimento pacifista”, cutucou.

Veneziano lembrou que tem afinidade com a filosofia do PSB, mas disse que é necessário analisar os contextos políticos local e nacional. “Qualquer decisão, seja pela permanência ou saída, ou desfiliação, ela passará primeiro por um contato que eu devo ter primeiro, porque sou um parceiro do governador João, mais do que um parceiro assim como tantos outros que colaboraram para o resultado de 2018, eu tive uma relação de amizade pessoa e graças a Deus eu sei cultivar as amizades que construo. Depois vamos fazer toda uma análise. Não existe decisão tomada. Precisamos primeiro ter os cuidados necessários para que nós façamos aqui observações nos contextos estaduais, nos contextos nacionais”, arrematou.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Líderes da situação e oposição na ALPB falam sobre a importância da união das forças contra o Covid-19

Neste momento, de pandemia coronavírus (Covid-19), esta doença provocou pelo menos um fator positivo na politica, que é a união de forças contra a doença. Um exemplo disso, foi a…

Opinião – Covid-19 confirma as mazelas da nossa sociedade. A pior: a economia é prioridade sobre a vida

Lamentável a constatação de que, em meio a uma pandemia, aqui no Brasil, império de uma ignorância crônica, o interesse econômico dos bilionários está acima da vida humana. Pouco, ou…