Por pbagora.com.br

Em seu twitter, o senador Veneziano Vital (PSB-PB) lamentou fala homofóbica dita pelo Presidente da república Jair Bolsonaro (PSL), durante café da manhã com jornalistas. Bolsonaro falava sobre a recusa do Museu Americano de História Natural de Nova York em sediar o evento organizado pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos que o homenageia.

Eu recebo (a homenagem) na praia, numa praça pública. Não é o museu que está me homenageando. O que houve foi pressão do governo local que é Democrata e eu sou aliado do (presidente dos EUA) Donaldo Trump, disse Bolsonaro.

Ele afirmou que, em novembro de 2009, começou a “tomar pancada do mundo todo” ao acusar o kit gay. Eu comecei a assumir essa pauta conservadora. Essa imagem de homofóbico ficou lá fora, disse, afirmando que isso não prejudica investimentos. O Brasil não pode ser um país do mundo gay, de turismo gay. Temos famílias, disse.

Com isso o senador Veneziano lamentou em seu twitter.

"Lamentável essa declaração. A minha atuação no senado será de respeito a pluralidade, respeito a orientação sexual de cada um, é através do respeito que teremos um país mas justo e menos movido pelo ódio".

Bolsonaro já disse em entrevistas que é “homofóbico, com muito orgulho” e que preferia ter um filho morto a um filho homossexual, entre outras declarações homofóbicas recorrentes em sua trajetória.

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Notícias relacionadas

Galdino defende responsabilização de Bolsonaro por agravamento da pandemia

O presidente do Poder Legislativo paraibano, Adriano Galdino, defendeu, em sessão extraordinária realizada nesta terça-feira (23), que o presidente da República deveria ser punido por sua falta de ação efetiva…

Em reunião com presidente do BB, Daniella Ribeiro recebe garantia que banco não demitirá funcionários na PB

Senadora levou demandas da categoria e tratou sobre fechamento de agências no Estado Durante reunião remota realizada na manhã desta terça-feira (23/02), o presidente do Banco do Brasil, André Brandão,…