O conflito interno vivido pelo PSB-PB tem dividido opiniões de integrantes da sigla. Há quem defenda a permanência de Edvaldo Rosas da presidência estadual da legenda, mas há também aqueles que preferem que o líder ocupe a cadeira de secretário de João Azevêdo para que o ex-governador Ricardo Coutinho chefie o diretório estadual.

O senador Veneziano Vital do Rêgo, recebido pela sigla em 2018, garantiu se empenhar em manter seus correligionários unidos para que a Paraíba prossiga prosperando com o projeto liderado pelo seu partido.

– Nós precisamos estar unidos em torno desse projeto de Governo levando em consideração o bom trabalho de Ricardo Coutinho e João Azevedo.

Vené acrescentou ainda que “não há justificativa para que nos desentendamos. Trabalharei para que não haja desavença interna”.

O senador declarou que o presidente do PSB, Edivaldo Rosas, se mostrou um líder de muito valor nos últimos anos.

– Edvaldo Rosas tem se mostrado ao longo dos últimos 15 anos uma pessoa dedicada, valorosa, devotada às questões do partido e agora assume uma outra função numa secretaria do Governo. Trabalharei para que não haja cizânia.

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Petista e tucano entram em rota de colisão sobre ‘paternidade’ do Aluízio Campos

Após visita do presidente da República, Jair Bolsonaro a Campina Grande, o ex-deputado estadual Anísio Maia (PT) criticou a presença do presidente em entrega do Conjunto Habitacional Aluísio Campos. Para…

Opinião: Bolsonaro mostra um PSL sem força, ignora Julian e Bolinha e praticamente lança Cássio a prefeito de CG

E então acordei. Um dia de sol interessante, típico dessa época do ano. Café posto à mesa; eis um telefonema perturbador. Do outro lado, pessoa que sinto bastante simpatia. Cobrava,…