O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB) entrega até esta terça-feira (17), à Justiça Eleitoral, o pedido de renúncia para o cargo secretário-geral do PSB, função que foi lhe atribuída desde a semana passada através de uma decisão da executiva nacional do partido, que agora está sob o comando do ex-governador Ricardo Coutinho na Paraíba.

“Se há uma necessidade de fazer isso formalmente, o faremos. A verdade é que penso que nem precisaria, mas não vamos gerar controversas”, afirmou.

Além de Veneziano, outras pessoas também já afirmaram publicamente que não vão aceitar integrar a comissão provisória que vai gerir o PSB na Paraíba até janeiro, a exemplo do governador João Azevêdo, escolhido como vice-presidente da sigla, Edvlado Rosas e Valquíria Alencar, ambos secretários-especiais.

Redação

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Felipe Leitão lembra três nomes do DEM para disputar a PMJP e ressalta que sigla vai realizar pesquisas no inicio de 2020

O deputado estadual, Felipe Leitão (DEM) conversou com a redação e comentou a sucessão municipal em João Pessoa no próximo ano. O deputado que já foi vereador em João Pessoa…

Julian reage a ataques de assessor de Bolsonaro; filho de Bolsonaro rebate

O que tem em comum os deputados federais Julian Lemos (PSL-PB) – ex-vice-líder – e Joice Hasselmann (PSL-SP) – ex-líder do governo no Congresso, além de serem da mesma sigla? …