A Paraíba o tempo todo  |

Veneziano e Pedro deixam portas abertas para receber o apoio do Republicanos; veja as estratégias de cada um

Em entrevista concedida na última sexta-feira (17), o pré-candidato ao Governo do Estado, senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB), ao ser questionado sobre estaria aberto para conversas com o Republicanos, caso o partido não acompanhe o grupo do governador, afirmou que seu coração sempre esteve aberto e não descartou uma conversa com o grupo político. Neste mesmo sentido o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB), pré-candidato ao Governo do Estado, disse à imprensa que pretende aproveitar o momento de desavenças entre os partidos da base do governador João Azevêdo (PSB) para atrair o Republicanos para seu arco de aliança.

“Vamos acompanhar. (…) É possível. Não vou estimular isso porque não quero ser instrumento de discórdia, nem valorizar, o que não é necessário, pois qualidade eles têm”, disse o vice-presidente do Senado. Veneziano afirmou que enquanto os outros candidatos sequer têm certeza quanto os candidatos a Governador e a Senador: “O nosso grupo está muito bem resolvido e conhece os nomes para a presidência da República, para o governo do Estado e para o Senado Federal.

“Nós não temos dúvidas sobre quem é o candidato a governador, sobre quem é a nossa opção ao Senado, e nunca tivemos sobre qual é a nossa opção presidencial, o presidente Lula”, comentou Veneziano.

Pedro – Após o mal-estar que se instalou entre Republicanos e Progressistas, com troca de farpas entre os deputados federais Hugo Motta e Aguinaldo Ribeiro, o pré-candidato ao governo estadual ressaltou a importância do partido de Hugo, com o qual declarou ter uma boa relação, e disse que irá buscar o diálogo para viabilizar uma possível aliança com a legenda

“Na política a gente dialoga, tem uma boa relação, uma respeitosa relação com o deputado Hugo Motta. O Republicanos é um partido importante no nosso estado, que merece respeito. É claro que vamos dialogar pra buscar parceiros e fortalecer um projeto de mudança, que pode representar também o Republicanos”, disse em entrevista. Questionado sobre o início dessas conversas, Pedro disse que existe uma intenção de diálogo e “uma porta aberta” para que elas aconteçam. “Existe uma porta aberta, uma intenção de diálogo. A gente respeita a posição de cada partido. O Republicanos hoje está ao lado do Governo, mas isso não impede que a gente possa ter gestos de aproximação e diálogo para poder atrair mais pessoas para fortalecer esse nosso projeto. É uma construção e vamos ver o que pode acontecer daqui pra frente”,

Pedro ainda rebateu os rumores sobre uma saída de Efraim Filho (União Brasil) da condição de pré-candidato a senador na sua chapa para retornar a base de João Azevêdo.

“É só especulação. (…) Estamos firmes com nosso pré-candidato ao senado, Efraim Filho. Estive com Efraim Morais em Santa Cecília na sexta-feira, onde fizemos algumas agendas em conjunto. Tem sintonia, tem identidade de projeto, tem semelhança de postura. Dois jovens com muita disposição e energia, e vontade de oxigenar a política do nosso estado. (…) Estamos juntos e vamos continuar juntos”, garantiu o parlamentar.

Da Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe