A Paraíba o tempo todo  |

Veneziano deve conversar com ministro sobre danos ao canal da transposição, em Monteiro

Veneziano deve conversar com ministro sobre danos ao canal da transposição, em Monteiro

O senador e pré-candidato a governador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) falou, em entrevista à emissora de rádio, sobre o derramamento de esgoto nas águas do Projeto de Integração do Rio São Francisco, na cidade de Monteiro.

Veneziano falou que deve se reunir com o ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, e conversar sobre a perícia realizada pelo Ministério Público Federal (MPF), que constatou danos no canal da transposição.

“Tivemos uma grande conquista, sem sombra de dúvidas, para todos nós nordestinos, o fato de poder garantir a 12 milhões de brasileiros o acesso à água. Tudo aquilo que atenta a saúde pública termina por se verificar. Eu tomei conhecimento e levarei, inclusive, ao ministro do Desenvolvimento Regional. Vamos mostrar a ele que a obra foi entregue, mas que esta administração está sendo uma realidade pouco diligente”, afirmou.

Sistema Adutor TransParaíba – ‘Preocupante’, essa foi a palavra que o pré-candidato a governador da Paraíba, Veneziano Vital do Rêgo (MDB), recebeu de grande parte dos cidadãos do Cariri paraibano, neste último domingo (22), quando esteve na cidade de Monteiro, de mais uma edição do “Diálogo com a Paraíba”, ao se referirem sobre o abandono das obras do Sistema Adutor TransParaíba, por parte do atual Governo do Estado.

O emedebista lembrou que são inúmeros os relatos de abandono da obra, furtos de mais de 460 canos, que estavam largados em meio a uma rodovia, demissões de funcionários do Consorcio que realizam as obras, por falta dos repasses do estado, dente outras denúncias que revelam que a promessa feita pelo então governador de que essa obra seria prioridade na sua gestão, não passam de promessas. Para Veneziano, na sua gestão tal obra que visa atender as populações de 19 municípios paraibanos, garantindo a segurança hídrica para mais de 140 mil moradores das regiões do Curimataú e do Agreste paraibano que sofrem há décadas com a escassez d’água, vai ser tirada do papel para as torneiras da população, via sua plena funcionalidade.

“Quantas não foram as vezes que pedimos ao governador para receber os prefeitos do Curimataú e do Agreste paraibano para dizer quais eram as razões das interrupções das obras do Sistema Adutor TransParaíba e nunca fomos atendidos. Na nossa gestão obras como essa sairão do papel a agua nas torneiras da população”, disse Veneziano em recente entrevista na capital.

Da Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe