Diante do imbróglio do Partido Socialista Brasileiro, O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB) declarou que permanece com a mesma opinião de antes, defendendo a união entre os componentes da legenda. Atuando como pacificador, o parlamentar reafirmou que não existem razões para que o partido viva uma situação desagradável e defendeu que a manutenção da harmonia na legenda seja preservada.

Em diversas entrevistas de João Pessoa e Campina Grande, Veneziano descartou a possibilidade de deixar o PSB, e caso não existam razões plausíveis, sua posição seguirá a mesma. Ele ainda disse que o PSB da Paraíba possui nomes importantes, como o governador João Azevedo (PSB) e o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e ressaltou a necessidade do restabelecimento do equilíbrio entre ambos.

– Sou coerente com aquilo que eu disse e devo registrar que não víamos e continuamos a não ver razões para que o PSB chegue a uma situação de inferências. A minha posição é essa, defendo essa rearmonização – disse.

No entendimento do senador socialista, Ricardo foi precipitado ao fazer críticas a parlamentares da legenda eleitos nas últimas eleições e disse que ele pode ter se expressado movido pelo “calor” do momento.

“Ninguém constrói nada isoladamente. As vitórias de Ricardo contou com a presença ao longo de sua historia de outros tantos companheiros. Não estou na condição de senador, porque contei com a ajuda de Ricardo, que teve em 2018 um gesto maiúsculo em nome do projeto, mas tive outros tantos companheiros e por merecimentos próprios”, observou Veneziano,

Na opinião do parlamentar, existiam outras alternativas que poderiam reagrupar os membros do PSB, diante da crise instaurada no partido, que ocorreu em decorrência da dissolução de Edvaldo Rosas da presidência da legenda por intervenção do diretório nacional.
– A alternativa pacificadora não seria a Comissão, e sim outras maneiras que reagrupemos o PSB – ponderou Veneziano.

SL
PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PB Agora/Datavox: sem Manoel Jr, Lucas Romão lidera disputa em Pedras de Fogo

Em um cenário sem o vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior (SD), o secretário de Infraestrutura Lucas Romão aparece como líder da pesquisa de intenção de voto, realizada pelo Instituto…

Análise: João Azevêdo encontra inspiração em Tom Jobim para aplacar a fúria de Ricardo Coutinho

O governador João Azevêdo (sem partido) acertou, mesmo sem saber, o tom do “Samba de uma nota só”. Ele foi beneficiado pelas leis do acaso, quando “permitiu” que o mestre…