Pela primeira vez, o pré-candidato a governador, Veneziano Vital do Rego (PMDB), levantou o tom e respondeu com ironia à deputada estadual Daniella Ribeiro (PP), que na última semana, afirmou que só subiria no palanque do PMDB caso o partido aceitasse abrir mão da cabeça de chapa e consequentemente tornar-se um coadjuvante nas eleições 2014.

 

Sem medo de reações adversas, o ‘cabeludo’ mandou um recado para os integrantes do ‘Blocão’ composto pelo PT, PP e PSC.

 

“Lamentavelmente, primeiro não sei qual é o Blocão. Não existe formalização em relação ao Blocão. Eu trato desse assunto de maneira muito serena, enquanto alguns agentes políticos fazem e transmitem certos ressentimentos”, afirmou Veneziano, que continuou com sua ironia: “Mas é preciso que o nome seja apresentado para valer, não sejam apenas conjecturas. Nós temos assumidamente a responsabilidade de apresentar o nome para valer. Não de brincadeira”, alfinetou numa referencia a indefinição por parte do nome do ‘Blocão’.

 

DEFECÇÕES: o ‘cabeludo’ garantiu que conta com o apoio de 55 prefeitos ligados ao PMDB. Vené mandou um recado para o ex-senador Wilson Santiago que anunciou apoio de prefeitos do PMDB no interior do estado.

“Se ele diz que tem tanta ascendência sobre 32 prefeitos do PMDB, por que só filiou três no PTB?, perguntou o irmão do senador Vitalzinho (PMDB).

 

ATAQUES: o pré-candidato do PMDB ao Governo em 2014, não perdeu a oportunidade de alfinetar uma possível candidatura do PSDB do senador paraibano Cássio Cunha Lima

“O PSDB não pode se apresentar como opositor de Ricardo Coutinho, a não ser que agora, passados três anos, desconheça o que disse deste governo e peça desculpas aos paraibanos pelos equívocos do governo atual. Quem encabeça a oposição na Paraíba é o PMDB com sua candidatura”, encerrou Vené.

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Deputado explica motivos de críticas e nega afastamento político do prefeito Romero Rodrigues

Após formular críticas a gestão municipal por meio das redes sociais, o deputado federal Julian Lemos (PSL) afirmou que continua apoiando a administração do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues…

Trabalho infantil atinge 60 mil jovens na Paraíba, aponta pesquisa

  O problema do trabalho infantil na Paraíba atinge atualmente, 60 mil crianças e adolescentes com idade entre 5 e 17 anos que realizam algum tipo de trabalho. O número…