Por pbagora.com.br

Considerando a nomeação de Lucélio Cartaxo, irmão gêmeo do prefeito Luciano Cartaxo (PV) como desrespeito aos pessoenses, o vereador Leo Bezerra (PSB), lamentou, nesta terça-feira (08) o que ele declarou ser resquícios de velhas práticas políticas.

Leo lembrou ainda que o próprio Luciano Cartaxo sancionou uma lei que veda a contratação de parentes para cargos em comissão.

"É um flagrante desrespeito ao eleitor e cidadão. Lamentamos profundamente que as velhas práticas ainda estejam em uso em pleno 2019, justamente por quem se apresentava como 'o novo'. Esperamos que o prefeito reveja seu ato e não nomeie o seu irmão”, disse o vereador.

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Notícias relacionadas

Calvário: Rosas e Pietro deixam prisão para cumprir medidas cautelares

A soltura de Pietro Harley e Edvaldo Rosas, substituindo a prisão em cumprimento de medidas cautelares, foi confirmada na tarde desta segunda-feira (1º) pelo juiz Adilson Fabrício que deferiu o…

Calvário: MP pede soltura de Edvaldo e Pietro e eleva especulações sobre delação

A manifestação do Ministério Público da Paraíba (MPPB) pela conversão das prisões de Edvaldo Rosas e Pietro Harley em medidas cautelares elevou entre juristas as especulações de que eles teriam…